A arte de blogar

Tô de volta. Eu mesmo. Tô usando a conta do meu pai pra escrever pq ele diz que sô novo pra tê uma. Tá bom, então, uso a dele. Já aprendi a escrevê, sô um adultero… não, adulto… ainda não sei as palavra direito. Vi o concurso todo. Vi os desenhos dos meus fã e tô me achano super gatim… Obrigado, gente. Vô tentá usá mais o PC agora, se o velho barbudo deixá. Ele é chato, diz que quero vê gatinha pelada, mas todas elas tão sempre cheia de pelo, dorga! Pidam pra meu papai e minha mamãe mim deixá fazê uma conta aqui tb, já tenho uma no twitter. Vô publicá, de retorno, uma foto minha em que eu tô acompanhando o concurso… mamãe que tirou, o papai ficou segurando minha bunda pra eu não me mexer… contei! Lambidas. Até amanhã, comenta essa parada aqui senão vou fazê greve de novo,  zoa, zoa, zoa…rsrsrsrsrsrsrs

Assinado eu, Borges, o gato @borgesogato

6 comentários em “A arte de blogar

  1. A Aline falou tudo! Meus gatos também não digitam coisa com coisa.
    Você poderia ficar rico (ou gordo) dando aula a gatos. : )
    Fofo tava morrendo de saudade de você.

Deixar um comentário