713

A Bíblia Segundo O Gato, mas que Gato?

Fãs,

Mamãe entrou fofa pela porta: “Borginho-nho-nhoim, chegou o livro de gatinho que compre-ei!” Mamãe largou o livro no sofá e foi tomar banho. Christie começou a ver as figurinhas: “Nossa, que legal, livrinho engraçado! hihihi” De repente, ela começou a me gritar: “Borginho, Borginho, olha isso aqui!” Fãs, Deus Gato estava tendo, como posso dizer sem pesar o texto, estava tendo uma conjunção carnal com a sua ovelha! O livro, enganou-se mamãe, não era de gatinhos fofos, era de um gato que criava o mundo, mas parecia que estava no cio. Deus Gato era casado com a morte e a traía com seu amigo ovelha, depois de tomar porres e porres de vinho. Ele criou Adão que também visitava as intimidades ovelhescas e por aí vai. Quando mamãe saiu do banheiro, Christie estava de olhos arregalados e eu estava rindo. “Que foi, Borginho”, perguntou mamãe. Acho que a senhora se enganou, mamãe, este livro não é exatamente o que esperava. Deixa de ser bobo, Borginho. Mamãe abriu o livro, ficou branca, vermelha, roxa e depois riu, riu bastante. Como manda o décimo primeiro mandamento do Deus Gato: “Rirás de tudo, pois, já que vamos todos morrer mais cedo ou mais tarde, só o humor permitirá tomar um pouco de distância das vicissitudes da existência.”

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

OBS.: Este post não é patrocinado, tá? Mas se a editora NEMO quiser me dar presentes, eu agradeço.

715
Christie querendo ler o livro fofinho
713
Deus gato e seu amante ovelha!
714
Sorte que a Christie está olhando para a esquerda, porque olhem a ilustração do canto direito!!!!!!

3 comentários em “A Bíblia Segundo O Gato, mas que Gato?

Deixar um comentário