A coisa tá preta!

Fãs,

De repente de tarde ouço a palavra “irmãzinha” saindo da boca de papai que estava ao telefone. Pensei: não, não, não é possível, mal acabei de me livrar dos mendiguinhos… quero ser filho único eternamente…

Falei com minhas pulgas: a coisa tá preta pra mim. Acertei! De noite, entrou aqui em casa uma mulher que nunca vi na minha vida segurando um filhote de morcego na mão. Tomei um susto, corri, me escondi, fiz ffffuuuuu, cherei, corri de novo… mamãe abraçava aquele carvãozinho. Pensei, a coisa tá mesmo preta pra mim!

Já de madrugada, que tava escura que nem aquela coisinha, mamãe me pegou no colo e disse que precisávamos ter uma conversa séria. Ela me apresentou o serzinho, disse que o nome dela era Christie. Disse, então, que eu era o Borges – o gato – e ela era a gata Christie, disse também que quem escolheu esse nome foi papai, só pra fazer esse trocadilho infame.

Mamãe comigo no colo, alisava minha cabeça. Mamãe disse que “a coisa tava preta pra mim” e que isso era bom. Que a coisa tá preta não significa coisa ruim, que isso é mentira que os homens contam. Disse que o feijão é preto e é gostoso, disse que chocolate é preto e é gostoso, disse que jabuticaba pretinha é gostosa, disse que as uvas pretinhas são as mais gostosas e que papai ama as azeitonas pretas. Então entendi que o verdadeiro significado de a coisa tá preta é bom, me aproximei de Christie e lambi a minha irmã, ela tinha um gostinho bom de família.

Borges, o gato – @borgesogato

14 comentários em “A coisa tá preta!

  1. Óin, que pretolina delícia!
    Parabéns pro Borges, pros papais e pra nova gatinha da família!
    Borges, daqui uns tempos vc vai estar brincando de lutinha com a sua irmã… e ensinar todos aqueles golpes para ela.
    Bem vinda, a gata Christie! =^.^=

  2. Igual aqui em casa. Primeiro veio o branquinho, depois o pretinho (e depois um bicolor).
    E olha que ontem falei para adotar um pretinho básico para combinar com os móveis… Estou em um momento Walter Mercado. Jogarei na loteria!

  3. Ahhhhhhh que coisa mais fofa!
    Primeira coisa que vejo hj ao conectar a internet. Noticia boa pra começar uma terça-feira.
    Como disse a Drikaquinze logo logo estarão brincando de jiu jitsu.
    Linda gata Christie! : )

  4. Ah ta, Borges, vc por sorte recebeu uma irmãzinha, e ela é até bonitinha viu!? heheheheh ^_^ …E eu que tenho que aturar um cachorro (poodle) chamado Ramon que late o dia todo, atrapalhando minhas mais sagradas sonecas e ainda quando minha mãe abre a porta, o abençoado corre pro meu tapetão predileto e se arrasta todo nele, deixando um cheiro de cão ecaaa nele….Olha cara, se tu tava achando sua vida difícil, vem passar uns dias aqui em Sampa!!!
    Abç…
    BEN …

  5. Ah! Borges! Vc é muito fofo, mesmo! Me lembra meu gato, Bolinho. Ele sempre recepcionou bem e em seguida com lambidas, quem chegou aqui em casa (os 4). Rsrs…

  6. own… texto com final feliz. Fofura vcs, viu! E a Christinha chegou beeeeem mais bonitinha que o meu “pretucho” Tobias. Amei: ” (…) De noite, entrou aqui em casa uma mulher que nunca vi na minha vida segurando um filhote de morcego na mão (…)” – dei gargalhadas aqui 🙂 E, é claro, amei o final: “(…) Então entendi que o verdadeiro significado de a coisa tá preta é bom, me aproximei de Christie e lambi a minha irmã, ela tinha um gostinho bom de família.(…)” – lindo demais! Dá até para perdoar a rejeição inicial 😉 rs

Deixar uma resposta para Joana Cancelar resposta