501

A porta da porta

Fãs,

Os humanos forjaram um invento capaz de atravessar paredes: chama-se PORTA! Entretanto, fica a questão: e o que poderá atravessar a PORTA? E aí vem a brilhante resposta: OUTRA PORTA. E assim, tenho atravessado a porta quantas vezes queira, esteja ela aberta ou fechada, pode inclusive estar trancada. Afinal, como uma via especial para carros especiais, eu também tenho meus próprios caminhos livre de todo trânsito,  livre da vontade humana. Ter o controle da porta é ser como São Pedro, você abre pra quem quiser. Sendo assim, posso receber no quarto de minha mãe quem eu bem entender, posso chamar um gatil inteiro, trazer todos os amigos, as gatas da vizinhança, os gatos velhos para contar histórias, ratos para serem servidos ainda vivos no almoço, passarinhos meio tontos, filhotes de gato que aprenderiam as primeiras malandragens da vida, eu chamaria meus fãs que ficariam entalados e corais felinos que miariam em festa após passar pela porta. Mas, como eu não conheço tanta gatalhada assim, fico só eu mesmo e a minha irmã, desfrutando da porta da porta.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato


501

500502

6 comentários em “A porta da porta

  1. Tá lindao, hein?! Onde a mamãe comprou? Queremos uns… Ass. Zezinho, Luizinho, Huguinho e Frederico Serrote!!!

  2. Hahaha gostei Borges, mas como vc disse os seus fãs ficariam entalados mas os filhos deles não e com certeza adorariam fazer uma festa com vc. hahahha

  3. Nossa!!!!!!!! que legal Borginho essa passagem. Meus gatinhos estão com inveja de tu por ter essa independência.
    Sem ver as fotos pensei que tinha baixado a Delirium em ti.

Deixar uma resposta para Rita Barreto Cancelar resposta