284

A vida dos outros

Fãs,

 

Os humanos não se decidem. Ora é “cada macaco no seu galho.” Ora é “amar ao próximo como a si mesmo”. Mas afinal, é para amar ao próximo como a si mesmo estando em outro galho? Mas se eu estiver em outro galho como eu vou ser eu mesmo? Pois o mínimo que preciso é estar no mesmo galho que eu para ser eu. E se amo meu próximo como a mim, o mínimo que espero é que o próximo esteja no meu galho, como um macaco amigo. Ora… ora… ora… Digo isso, pois dizem: “Gato é bicho fofoqueiro e curioso!” Mamãe diz:” Borginho fofoqueiro!” Isto porque passo as manhãs a olhar pra casa da vizinha. Mas vai que a vizinha enfarta, vai que ela é assaltada, vai que se inicia um incêndio em sua casa. Eu tenho que estar olhando para saber e, se passou o dia a olhar para sua casa, não é fofoca, é porque ela é próxima e eu a amo.

 

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato 284

7 comentários em “A vida dos outros

  1. hahahaha ai Borginho vc é mto sagaz, adoro estas suas tiradas. Mas aí, oq vc tem olhado tanto na casa desta vizinha hein, hein? confessa…isso tá mto suspeito hehehe

  2. Borginho, continue cuidando da vizinha, humanos nunca estarão satisfeitos, usarão o ame ao próximo como a ti mesmo se vc não vigiar e o cada macaco no seu galho se observar. E é muito bom ter um gatinho fofoqueiro por perto.

  3. Fofoqueiroooooooo; ha mas não tem nada demais, poxa ia ser bacana ter um bichano vigiando minha casa o tempo todo..hehehe

Deixar uma resposta para Jessica Gonzaga Cancelar resposta