borges-gatinho

Algo igual

Humanos,

Ontem eu falava, nesse texto aqui, que poucas vezes nos juntávamos para fazer algo diferente como ficar acordado. Ao final das contas, resolvemos dormir. Só que ando com o sono leve, os roncos da Christie e de Pessoa me despertaram. Tentei abafar o ronco da Christie com o cobertor, mas de nada adiantou. Eu já estava há uma hora sem cochilar e isto estava me matando. Era ronco de um lado, ronco de outro. Eu as chamava: Christie, Pessoa, Christie, Pessoa, mas elas me respondiam com mais roncos. De repente, os roncos pararam! Estavam acordados, ufa… pude deitar tranquilo, em silêncio, e, quando estava quase no sono, ouvi: Poxa, Borginho, dormimos a tarde inteira, você não vem brincar com a gente?

Borges, o gato.

borges-gatinho

2 comentários em “Algo igual

Deixar um comentário