Até posso… mas tenho tanto sono

Fãs,

Imaginem um gato de desenho animado deitado sobre um macio travesseiro de penas de ganso, passa um ratinho em sua frente, dança, balança o rabinho, praticamente implora pra ser devorado e nada. Isso ocorre porque o gato está pensando: até posso, mas tenho tanto sono… Nós gatos, nos entendam, humanos, podemos fazer o que quisermos, mas a única coisa que queremos é dormir. Se os homens fossem mais felinos, teríamos menos guerra e mais sonhos.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

A fundamental diferença entre mim, Borges e o Cérebro.

3 comentários em “Até posso… mas tenho tanto sono

Deixar um comentário