Bebedouro

Humanos,

Eu também quero um bebedouro. Digo, um outro. Sim, eu já tive alguns bebedouros. Já tive potinho, incômodo, água parada,  foco de mosquito. Já tive um de água corrente: barulhento, esquisito… Já tive uma torneirinha, vivia entupindo de pelo. Já bebi na própria pia, mamãe tinha que levantar toda hora para abrir pra mim, se cansava, tinha que interromper as tarefas. Aí vejo os humanos: tem bebedouro elétrico, bebedouro de barro, bebedouro de todos os jeitos. Pois eu quero esse investimento na indústria felina também. Hoje, revirando a cozinha da mamãe, achei um bebedouro antigo, de vidro e tampa amarela. Peguei para mim. Agora só falta eu descobrir onde tenho que apertar para sair a água.

Borges, o gato.

bebedouro

2 comentários em “Bebedouro

Deixar um comentário