486

Bem-vinda, Segunda-feira

“O importante é ser feliz, meu filho!” Falou minha mãe. “Mas mãe, é possível ser feliz sendo triste?” “Claro que não, Borges. Ou se é feliz ou se é triste!”

Fãs,

Os humanos são pouco coexistentes. Não gosto dessa coisa de ter que ser uma coisa ou outra. Eu gosto mesmo é de ser uma coisa e outra. Ser feliz, sendo triste. Ser triste, sendo feliz. Gosto de habitar lugares que são claros no escuro e quentes quando gelados. Ter sentimentos contraditórios dá uma complexidade desejada à vida. Pois que sem graça é aquele gatinho só nervoso ou aquele gatinho só feliz. Se todas as segundas-feiras são chatas, buscarei nela algo de animado. Se todos os sábados são felizes, neles buscarei algo de triste.

Era domingo quando tirada esta foto, minha mãe puxava minha boca e dizia: “sorria, você está com sua família!” E eu queria sorrir na segunda-feira, pois as segunda-feiras são tão mal faladas, tão maltratadas e pra mim, elas são tão ou mais simpáticas que os domingos.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

486

11 comentários em “Bem-vinda, Segunda-feira

  1. Sábio é aquele que vê alegria na tristeza e, porque não, tristeza na alegria, tudo é uma questão de ponto de vista. Lambeijos, Algodolindo.

  2. Sobre ser feliz e triste… sobre quereres… já falamos antes a respeito… e devemos falar mais vezes. É a alma felina falando, mesmo quando somos humanos… bjinhos… lindo ‘sorriso’… kkk

  3. Então Borginho…
    Segunda feira é muito ruim, porque é o dia mais distante do fim de semana.
    Mas ao mesmo tempo é bom, porque se a vida fosse um eterno fim de semana ia ser um saco!
    Dentuço!!!
    😛

    • Ethel as segundas são legais, assim como os ônibus cheios ou com goteiras, sempre dá história!!
      xD

      • Hahahahahah!!!
        Vou ser obrigada a discordar Alexandra: busão lotado e com goteira…. Tô fora!!!
        😉

  4. Eu prefiro muuuuuito mais a segunda do que o domingo!!! Adoro recomeços! Coisa de uma humana… rs. Bjoooo

  5. Ai Borges que sorriso lindo ^^ Também gosto das segundas-feiras, assim como também gosto de pegar ônibus cheio e geralmente gosto muito daqueles professores que ninguém gosta!
    Todos me chamam de doida e esquisita, mas temos que ver o lado bom das coisas da vida.. Olhar só o lado ruim não da né?!

Deixar um comentário