borgespergunta

Borges Pergunta 14 – Castração

borgespergunta

Olá, fãs. Temos conversado sobre a castração!

Hoje em dia, ainda há pessoas que optam por não castrar seus gatos.

Os que castram dizem que eles ficam mais calmos, que evita a reprodução desenfreada e ajuda na socialização. Os que não castram acham uma violência contra o animal e alguns humanizam os felinos como se a castração pra nós tivesse os mesmos efeitos que para os humanos.

O que vocês acham? Participe e fale melhor sobre sua opinião nos

Lambeijos!

Borges, o gato

22 comentários em “Borges Pergunta 14 – Castração

  1. Tenho 4 gatos. 2 femeas e 2 machos. Apenas um dos machos não é castrado. Ele é muito calmo, preguiçoso e não tenta fugir de casa então optamos por não castrar. As fêmeas castramos para que não tivessem filhotes e o outro macho castramos porque era muito brigão e estava sempre tentando fugir de casa. A castração melhorou muito o comportamento dele e pra todo mundo que me pergunta eu recomendo a castração!

  2. Minha gata achei na rua e castrei, antes pesquisei muito, tirei dúvidas em sites, foruns, veterinário e pessoas que castraram os bichinhos.. optei por castrar já que acompanha as páginas no face de proteção aos animais,e sei da conscientização de quando se tem um bichinho e sua responsabilidade, outro motivo foi que quando criança, tinhamos bastante gatos em casa, pois falta de informação de meus pais, não sabiam de vacinas ou castração (era pouco falado), e nisso surgia crias e mais crias, mas nisso os vizinhos começaram a se incomodar e mataram todos, não tinhamos nem como reclamar pq não se sabia quem era. Então para evitar isso e maldade com animais, sou totalmente a favor da castração de macho e femea. Minha gata está feliz, ela ainda é jovem, então não passa o tempo todo dormindo rs.. e estou em busca de um gatinho para companhia dela, mas vou adotar e castrar também. Minha familia foi contra por causa de ela sentir que quer ter filhote, ou algo assim.. mas como eu adotei ela, a decisão foi minha.

  3. Aqui em casa todos são castrados, cães e gatos. Todos foram adotados, e castrar é um ato de amor! Já tem muito animal abandonado nas ruas pra permitir que por um descuido qualquer um dos meus gere mais filhotes! Castrar é também um ato de responsabilidade e pensar no mundo além de seu próprio umbigo! BJS!

  4. Ih Borginho… a castração é a única solução contra o abandono e superpopulação de animais de rua, tanto que acho que a castração deveria ser obrigatória e que somente criadores credenciados deveriam poder cruzar seus animais, tanto gatos quanto cães. Não existe coisa mais triste do que o sofrimento de um animal abandonado pelas ruas! Castração é um ato de amor e responsabilidade, que infelizmente nem todos têm.

  5. Castrar um gatinho ou uma gatinha é sinal de apreço e de cuidado. Nos machos, evita brigas, fugas e as nefastas consequências do contato com a rua: humanos que maltratam e torturam gatinhos, atropelamento e doenças. Nas gatinhas, além desses fatores, há o da preservação da saúde, pois repedidas ninhadas causam diminuição do número de anos vividos e doenças uterinas. E o que fazer com os filhotinhos? Mesmo sendo doados, como garantir que o cuidador terá a dedicação, o carinho, a paciência com os bichinhos?
    O cio de um animal, não deve ser avaliado pela ótica humana; não é igual ao prazer sexual que nós humanos temos.Então, o gatinho ou gatinha não sentirá “falta” do cio.
    Castrar faz bem, é um ato de amor, carinho e apreço com os animais de estimação….

  6. Esqueci de dizer: cuido de duas gatas e dois gatos e quatro cachorras. Todos castrados, menos a cachorrinha mais nova, mas ela será castrada em breve.

  7. Meus dois gatos machos são castrados. Antes da castração eles já eram muito dóceis, calmos e carinhosos, então não vi modificação da personalidade depois da cirurgia. A mudança significativa foi que eles pararam completamente de marcar território, e isso evita sujeira pela casa e eventuais brigas caso percebam a presença de uma fêmea.
    Confesso que sofri um pouco com a idéia da cirurgia, mas a recuperação foi muito rápida e tranqüila e os benefícios à saúde deles são indiscutíveis. Além disso, eles vieram pra minha casa porque tinham sido abandonados pelo dono anterior ainda filhotinhos e sei que sofreram muito na rua antes de serem encontrados por mim. Se todos castrassem seus gatos, se a reprodução só acontecesse com responsabilidade, esses bichinhos deixariam de ser vítimas de violência e abandono.
    O mesmo vale para os cachorros!

  8. Borginho, todos os três aqui são castrados, não vejo lógica em regatar animais abandonados e não castrar, é aquela famosa frase de “enxugar gelo”….
    Castrar evita muita dor de cabeça,preocupação, sofrimento dos animais e ainda poupa o bolso das mamães e papais. Sou totalmente CONTRA VACINAS para não engravidar, aumenta muuuuuuito a incidência de câncer, as fotos são horríveis e apenas uma basta!
    Como muitas tias falaram castrar é um ato de amor não só para os nossos animais, mas também para aqueles que vivem na rua..

  9. Oi, Borginho!
    Lin foi castrado hoje.
    Está zonzo ainda, mas vai passar…

    E, tcham tcham tcham tcham… novidade:
    Adotamos uma gatinha tigrada filhote, de uns 50 dias, que será castrada tb no tempo certo.
    Beijos!

    • Que lindo Drika, parabéns pela gatinha!!!!
      Vai ser parceira do Lin, altas travessuras na cama da mamãe as 3 da manhã!!!hauhsuahsahsuah

  10. Os meus não são castrados…tenho medo de alguma coisa acontecer com eles.Mas um deles nem precisa!Dia desses descobri que gatos machos de 3 cores são estéreis…e raros.

    • Que legal Giovanna, tem uma raridade em casa!!!! hihi
      Mas te aconselho, de mãe para mãe, que castre os outros. Isso pode fazer grande diferença na vida futura de seus bichanos,ainda mais se tiver fêmea… E se por algum deslise ou algo assim algum de seus gatos cruze?? Mais filhotes a procura de um lar ou pior, abandonados!!!!
      Te garanto de a castração é um, se não o mais simples procedimento cirúrgico, com um profissional competente vc não terá com o que se preocupar!!!

      Pense bem nisso, se for de Brasília posso te recomendar uns lugares…
      Um grande beijo e um cheiro nos bichanos!

    • Também morri de medo de alguma coisa acontecer com os meus! Mas como a coisa aqui estava ficando séria, não tive opção. E não me arrependo de ter castrado meus gatos, o procedimento é muito simples e seguro, resolve muitos problemas de comportamento, evita crias indesejadas e também a formação de tumores, que normalmente acabam demorando pra ser diagnosticados e tratados. Pense nisso, só vai fazer bem a eles!

  11. ihihi, acho que sou meio neurótica com essa coisa de castração… Todos os animais que já estiveram em minha tutela foram castrados no tempo apropriado, tanto cães, como gatos… Meu último gatinho resgatei da rua com aproximadamente seis meses, na semana seguinte já foi levado para castrar! Só que foi engraçado que de todos, ele foi o único que apresentou reação à anestesia depois, teve alucinações… ficou miando e andando pela casa a noite inteira, tadinho…não deixou ninguém dormir! aiai… Mas agora está bonzinho…aliás, não sei nem como é criar um animal inteiro, principalmente femea, deve ser uma dor de cabeça terrível… Agora pra conseguir castração a baixo custo vou logo à fonte, descobri quais são os veterinários conveniados com ONGs e a Prefeitura da minha cidade e falo diretamente com eles quando preciso castrar um animalzinho… A primeira cadela que tive, adotei em uma feira de uma protetora, mas como eu não entendia nada disso esperei ela me orientar quando fosse o momento, tanto demorou que tivemos que aplicar injeção anticio na cadela…mas infelizmente ela foi atropelada antes de ser castrada… Depois disso descobri esses veterinários e tudo ficou mais fácil… é que tem muitas protetoras que priorizam os animais que estão em sua guarda, fazendo os outros irem pro fim da fila… normal…imagino como deve ser barra manter tantos bichos juntos na sua própria casa, ainda por cima sem castrar… Infelizmente, tenho um vizinho que cria gatos soltos e sem alimentá-los direito, os bichinhos ficam pela rua virando e rasgando lixo, ontem mesmo vi uma frajolinha grávida fazendo isso… Dá dó, vontade de resgatar, castrar e adotar todos, mas meu orçamento não permite, então tento pensar que pelo menos ao castrar e criar meus bichos sem acesso à rua estou contribuindo de alguma forma com a sociedade… Aliás, esse ultimo gatinho que peguei da rua não gosta nem de ficar no quintal, acho que tem medo só de pensar em voltar pra rua, vive atrás das pessoas dentro de casa, é muito carinhoso e carente, um docinho… por isso eu acho que quem quer criar animais deve no mínimo castrar e alimentar seus bichos, porque essa gatinha grávida rasgando lixo me cortou o coração, pior é pensar que depois que seus filhotes nascerem vão acabar do mesmo jeito… Aff…que revolta dessa gente que não castra viu!

Deixar um comentário