borgespergunta

Borges Pergunta 19 – Os gatos e os móveis

borgespergunta

 

Olá, fãs!

Mito? Realidade? Mito? Realidade? Mito? Realidade? (leia esta sucessão de perguntas 137 vezes).

Será verdade que gatinhos atacam os móveis? E se atacam, a casa não é nossa? Estragamos ou redecoramos?

Quero saber sua opinião, soluções, experiências. Vamos compartilhar nossas alegrias sobres estes episódios e chorar aqui nos comentários das lamentações.

Agora é com vocês, estou aqui lendo atentamente!

Lambeijos!

Borges, o gato – @borgesogato

10 comentários em “Borges Pergunta 19 – Os gatos e os móveis

  1. Antes de conhecer aqueles arranhadores de papelão prensado eu também tinha problemas com meu sofá, agora só tenho problema com as cortinas… rs. Mas só a mais novinha que insiste em se pendurar de vez em quando, os mais velhos não. Minha esperança é de que ela também pare quando crescer um pouco mais! 🙂

  2. Olá Borginho!
    Meus filhotes não atacam os móveis, mas o sofá também está customizado… 🙁
    Beijos!

  3. Tapioca customizou meu sofá, com muita graça e muita paciência, já q é um trabalho diário e minucioso. A pata de obra felina é especialista em customização de sofás! Kkkkkkkk Posso reconhecer o meu, em meio a um milhão de sofás! Q privilégio, ter esta obra de arte em minha casa! ®By Tapioca

  4. Borginho os meus não atacam, já havia comentado aqui que minha mãe reformou os sofás e colocou aquele tecido impermeável. Mas quando a brincadeira ta muito empolgante eles acabam arranhando as cadeiras da cozinha, por sorte minha mãe nunca viu!
    Mas no geral são bonzinhos 🙂

  5. Só a filhotinha que adotei há um mês atrás, ataca o sofá (clarooo) e a parte de baixo da minha cama(cama box, ela adora aquelas costuras em forma de onda!rsrsrs)mas eu não deixo não, sempre que vejo faço algum barulho pra ela parar de arranhar, qdo não dá certo, tiro ela da sala ou do quarto. A gata mais velha não arranha, já conseguimos “educá-la”! rsrsrs

  6. Para a felicidade deles sim, eles sempre dão uma redecorada na casa. Eu nem brigo muito porque também sofro desse “mal” de gostar de decoração.

Deixar uma resposta para Drikaquinze Cancelar resposta