borgespergunta

Borges Pergunta 9 – Gravidez e Gatos

borgespergunta

Olá, fãs!

Volto ao tema: gravidez e gatos!

Claro que sei que vocês estão longe das ignorâncias que vemos por aí e que não acham que quando a mulher fica grávida tem que dar o gato… não, não. Não é disso que estamos falando.

Inclusive, já tivemos um post do Dica de Cuidado sobre o tema, recomendo que vocês leiam para participar com mais ímpeto ainda dessa pesquisa aqui: http://www.borgesogato.com/dica-de-cuidado-3-sobre-a-toxoplasmose-com-a-tia-vivian/

O que eu quero saber é se durante a gravidez você evitou ou pretende evitar de alguma forma o contato com nós gatinhos. Quero saber também, nos comentários, se evitou contato com a areia, se evitou fazer alguma coisa que fazia antes da gravidez com relação a nós.

Participa aí na pesquisa e dá dicas para as futuras mamães. E, se você nunca teve filhos, coloque aí suas dúvidas com relação a felinos e grávidas que com certeza as fãs vão adorar responder!

Lambeijos, bom debate! Estou aqui acompanhando na leitura, se precisar participo também.

 


27 comentários em “Borges Pergunta 9 – Gravidez e Gatos

  1. Borges,

    Eu nunca tive filhos, mas sinceramente não conseguiria ficar longe dos meus filhos felinos, eles são a alegria da casa, me diga como ficar longe de seres tão amorosos como vocês.

    Meu Stallone e a Beyonce são as minhas jóias preciosas, não consigo ficar longe deles, nem se o médico mandar rsrsrs

  2. Borginho, estou tentando criar um irmãozinho para minha Amy. Lá em casa, está decidido que a criança se adaptará à Amy. Desculpa, mas a gata chegou antes e é aquele lance irmã mais velha. Não vou privá-la de lugar nenhum, não vou fazer absolutamente NADA de diferente com a AMy quando o irmãozinho dela vier. Não acho justo. A mudança já será radical para ela, pois gatos são metódicos e um ser a mais que só chora já é diferente o bastante. Os cuidados dela serão os mesmos, vou continuar limpando caixinha, dando ração, fazendo cafuné, levando mordiscadinhas….
    bjoks

  3. Borginho, a tia aqui não vai ter filhos humanos, só mais um ou dois de patas.
    Mas, se fosse engravidar, talvez me resguardasse de limpar a caixinha de areia.
    Jamais ficaria longe do meu Lin.
    Beijos!

  4. Borginho lindo, eu sou uma tia que não vai ter filhos humanos, já tenho 2 filhos felinos e pretendo ter outros mais, mas se ficasse grávida de maneira nenhuma que ficaria longe dos meus filhos felinos! Talvez não limpasse mais a caixinha de areia, mas só isso, continuaria dormindo, acordando e interagindo com meus amores felinos!

  5. Borginho, e se for feito o teste no gatinho e der que negativo para a toxoplasmose? Não tem problema nenhum, certo? E se a futura mamãe for testada para toxoplasmose tb e der positivo (são dois exames) e já tiver mais tempo a contaminação, o bebê não corre risco, pois a mãe já criou anticorpos. Certo????

  6. Não tenho filhos, mas o dia em que puder ter não farei nada diferente. Posso ficar com meus gatinhos tranquila, até pq para tudo é só lavar a mão né gente? E essa regra serve para nós com ou sem filhos, com gatos ou sem gatos. Lavar bem as mãos e os alimentos que consumimos.. assim estaremos protegidos. Nosso gatinho limpinho e direitinho dentro de casa vai poder ronronar muito pro meu neném escutar!rs bjs borginho!

  7. se meus gatos fossem para a rua (coisa que não vão) eu deixaria de limpar a caixa de areia, uma vez que eles poderiam matar e comer um pombo contaminado com o toxoplasma nesses malditos passeios…. Seria a única restrição e olhe lá, uma vez que pra completar o ciclo o parasita tem de ficar nas fezes expostas ao ar por, no mínimo, 72h e eu não sou porquinha de deixar de limpar a caixinha deles por 3 dias consecutivos! 😀

  8. Borginho já tive toxoplasmose e nunca me afastei dos meus filhos felinos, tratei e estou super bem , posso engravidar e tudo, e se um dia eu for mãe meu gatinho vai dormi aonde quiser ate na cabeça do neném, oras quando eu nasci tinha a MIMI uma frajola que dormia no meu berço bem em cima da minha cabeça, e eu nunca tive alergia a nda, alias tenho alergia a gente preconceituosa e que não gosta de gatinhos e ficam falando que eles trazem doença, acho que essas pessoas que são doente isso sim, amo vc e todos os gatinhos do mundo…

  9. Quando tiver filhos não vou mudar em nada com meus peludinhos. Penso que apenas deixarei de limpar a caixa de areia… ótima desculpa para deixar o trabalho “sujo” com o marido!!!! hehehe

  10. Durante a gravidez não alterei em nada a rotina em relação à gata q tínhamos na época. Depois q minha filha nasceu, eu era a mais apavorada e neurótica das marinheiras de primeira viagem de q se teve notícia! Kkk Preciso ser honesta! Fiquei com medo q a gata machucasse a nenê e passei a deixá-la no quartinho de fora da casa. Mas isso faz 25 anos! Eu era ignorante nesse campo! Hj, jamais faria isso. Minha irmã fez diferente. Deixava a gata (já era outra gata) dormir no berço com meu sobrinho recém-nascido! Ela era uma verdadeira babá! Cuidava dele! Se ele chorasse, corria miando pra avisar(como se nós não ouvíssemos! Kkk). Se ele tivesse febre, não desgrudava dele! Falava q era um anjo em forma de gato – se chamava Melyssa. Ela viveu 14 anos e nunca machucou as crianças, nem transmitiu nenhuma doença. Só transmitiu amor! Não sei se todos os gatos agem assim. Essa foi a nossa experiência. Acredito q as medidas de cuidado e higiene q sempre tomo diariamente são suficientes para q felinos e humanos sejam saudáveis e convivam em harmonia!

  11. Borginho eu já contei minha história aqui para vocês, quando a pergunta foi sobre gatos e rua, e acho que algumas pessoas vão lembrar…
    Engravidei aos 13 anos e apesar de todo o apoio,me afastei e quem ficou comigo foi o meu gato Sonic!!!
    Em momento algum pensei em me desfase dele, eu trocava a areia com menos frequência, quando minha mãe estava em casa ela que trocava. Ele dormia no meu pescoço,me lambia até que eu dormisse e não desgrudava de mim, onde eu estava ele ia atrás… Inclusive no banheiro hihihi..
    Infelizmente ele morreu, exatamente um mês antes da minha filha nascer, então nunca tive uma experiencia entre gatos e recém-nascidos… Mas um bom senso ajuda, é claro que você também não vai deixa o gato dormir na barriga da criança com 2 semanas de vida, mas conforme a criança cresce o contato com o gato aumenta.

    PS:Se sua médica(o) mandar você se livrar, ou mesmo se afastar do seu(s) gato(s) livre-se dela primeiro!!!!!

    Beijão para todos…s2

  12. Borginho, uma vet me disse que há uma bactéria que pode fazer com que a mamãe perca o bebê humano.
    É verdade?

    Pretendo ter 1 filho humano, o Humbertinho, mas não pretendo deixar o meu Bazinga.
    Na verdade, a intenção é completamente oposta…hehehe

  13. Eu estou grávida e não mudei nada na rotina com minha gatinha… Ela continua dormindo na minha cama, me acorda com beijinhos… Limpo a caixinha de areia com luva, apenas… Essa eh a única diferença….
    Quando minha filha nascer, com certeza poderá dividir o berço com minha gata, se a gata quiser, claro…. Eh só manter a unha sempre cortada. E minha gata eh um anjo, super dócil… Meus sobrinhos usam e abusam!!!

  14. http://www.tudogato.com/2012/10/convivencia-entre-gatos-e-criancas.html

    Olha essa matéria do Tudo Gato!!!

    E gente eu comentei sem ler os comentários, não quis criticar ou ofender ninguém quando falei do gato e da criança, é que tem gente que fala que criança pega asma se for muito novinha e ficar perto do gato e sempre falo para essas pessoas utilizar do bom senso!
    Peço desculpas se incomodei alguém.

    Se o Sonic estivesse aqui ele iria dormir na cama junto comigo e com a Samantha, com certeza =)

  15. Borges, ainda não sou mãe de um filhote humano, mas já tenho 2 felinos lá em casa: Penélope e Bóris. Estou encomendando o baby e o futuro papai é médico ginecologista. Desde que me entendo por gente, vivo agarrada nos gatos. Nunca tive toxoplasmose (já fiz o exame pra saber).
    Acho que o cuidado maior é com a limpeza da caixinha de areia, mas me livrar dos gatos, nem pensar! É lógico que tem sempre alguém pra falar dos pêlos, que o gato vai arranhar o bebê e por aí vai. Eu nem ligo e acho que seremos uma grande família feliz! Qualquer dia, mando a foto das crianças lá de casa, tá? Lambeijos!

  16. Eu tenho 14 anos, kkkk falta muito pra mim ser mamãe, mas meu sonho é ser e meu outro sonho é ser veterinária… Minha prima os médicos falavam que ela não podia engravidar por causa de gatos durante a infância e adolescência, mas ela fez um tratamento e conseguiu engravidar. Gostaria de saber quais as doenças pode ser contaminar e se é por gatos ou não? Só acho uma coisa, todos os animais não só como gatos nos dão todo seu amor e carinho em troca de quase nada e muitas pessoas ficam com essa ignorância, quero que meus filhos tenham contatos com gatos e todos os animais. Bjs !@

  17. Eu ainda não tenho filhos, e se um dia tiver, não mudarei absolutamente nada! Já tomo cuidado ao limpar a caixinha de areia e mantenho as vacinas todas em dia. Minha mãe sempre teve gatos e somos em 3 irmãos, sempre saudáveis. Sabe Borginho, até arrisco a dizer que se fosse para mudar algo entre mim e meus bichanos, eu vou preferir continuar sendo apenas mãe de gato (e de cachorro :). Beijos!

  18. Os nossos Gatos podem transmitir uma doença chamada Toxoplasmose. Se infecção se der durante a gravidez (o que ocorre em 0,5% das gestações), os parasitas podem atravessar a placenta e infectar o feto, o que pode levar a abortos e a malformações em um terço dos casos, malformações como hidrocefalia podendo também ocorrer neuropatias e oftalmopatias na criança como défices neurológicos e cegueira, mas se a infecção tiver sido antes do início da gravidez não há qualquer perigo, mesmo que existam cistos. As gestantes devem evitar o contato com fezes de gatos, pois estas podem conter ocistos, não ingerir água de origem desconhecida e sem estar fervida, nem carne crua ou mal cozida durante a gravidez. No caso dos gatos, lavar as caixas com água, ferver frequentemente e nunca tocá-las por mãos sem luvas. Alimentar os gatos com comida enlatada, ração, água fervida ou filtrada, não lhes permitir caçar animais também reduz o risco e nunca alimentá-los com carne crua ou mal passada. Se tem gatos ou contacto com gatos consulte o seu médico para uma boa informação.

  19. Borges, tenho gatos desde minha infância! Sempre adotados da rua, ou seja, doentes, ou com parasitas e nunca peguei nada deles. Quando engravidei não mudei nada na minha rotina. Meu filho nasceu, convivemos com cães e gatos, e a única coisa que faz realmente mal pra meu filho é poeira! Bjs! Abaixo o preconceito e ignorância com nossos peludos!

    • Ah, e é claro borginho, aqui em casa nós não comemos cocô de gato, nem o deixamos ao relento por dias… Pra depois comer… Limpamos a caixinha de areia de duas a três vezes ao dia, e sempre lavamos bem as mãos… Também não temos o habito de comer carnes cruas ou verduras, frutas e legumes não higienizados! Bjs!

  20. Fui ver minha caixa de spam e estava cheio de posts que ainda não tinha visto. : /

    Bom eu nunca fiquei grávida, mas caso isso acontecesse nunca ficaria longe dos meus filhotes. Fora de questão.

Deixar um comentário