749

Bunker anti-furacão

Olá, amiguinhos! Tudo bem? Sou eu, a Christinha.

Olhando o quarto da bagunça aqui em casa, tenho uma certeza: passam furacões por aqui. Borginho disse que não, que só tava desarrumado mesmo, mas aí confirmei minha certeza: achei um bunker anti-furacões. É um abrigo do tamanho de um gatinho, quase tão confortável como uma caixa de papelão. Quando o furacão vem, uma sirene toca, a gente corre pra caixinha. Sei disso, pois já vi coisa parecida nesses filmes de zumbi e de grandes catástrofes. hihihi. Fui perguntar pro papai se ele tinha um bunker também para se esconder dos furacões e ele disse que não, que os furacões ele queria por perto. Eu disse pra ele que não tava entendendo nada e ele disse que os furacões da casa éramos eu e Borginho! Ué, se o furacão sou eu, por que tem um bunker pra mim??  Papai é engraçado, ele protege os furacões no bunker, agora já sei quem fez essa bagunça toda!

Ass.: A Gata Christie

 

749
750

5 comentários em “Bunker anti-furacão

Deixar um comentário