comida-grey

Comer fora

Humanos,

Hoje é sábado. Nada mais justo que levar meu irmão humano, o Chico, para comer fora de casa. Então, mamãe o levou para casa da vovó. Chico esperto, não quis se sentar com os humanos à mesa. Afinal, sábado é dia de comida diferente. Apontou para a ração do tio Grey e, segundos depois, estava se fartando. Mamãe e vovó largaram seus pratos e foram correndo para ver o que acontecia. Ao chegarem lá, se assustaram: “Não, Chico, isso é comida de gato!” Pegaram o moleque e o levaram para dentro, quando chegaram na sala de jantar, Grey estava sobre a mesa comendo a comida dos humanos. Vovó falou: “Come não, Grey! Isso é comida de gente!” E, nesse sábado provou-se que o mundo está todo trocado, a começar pelo fato de que comida de gato deveria ser de gente e de gente de gato.

Borges, o gato

comida-grey comida-grey2

Deixar um comentário