analisando

Delação premiada

Humanos,

Quem foi que rasgou ainda mais o sofá? Mamãe oferece um petisco para quem disser. Quem foi que vomitou no tapete? Mamãe oferece carinhos para quem disser. Quem foi que rasgou todo o rolo de papel higiênico? Mamãe oferece um patê para quem disser. Quem foi que furou toda a cortina? Uma caminha nova, quentinha, para quem disser. E combinamos: Pessoa diz que fui eu que rasguei o sofá e vomitei no tapete. Ela diz que rasgou o papel higiênico e furou a cortina. E assim, eu a delato, ela me delata. Premiados, cada um ganha sua parte. Ninguém sai punido, pois gato não se pune. E voltamos a rasgar, furar e vomitar, em busca de novas delações e prêmios.

Borges, o gato

analisando

4 comentários em “Delação premiada

Deixar um comentário