borges

Dia estranho

Fãs,

Há tempos não chovia no Rio de Janeiro, hoje choveu. Há tempos minha mãe não nos dava catnip, hoje ela deu. Há tempos papai não chegava mais cedo do trabalho, hoje ele chegou. Há tempos eu não me sentia melancólico… há tempos não me sentia como se o tempo estivesse passando rápido demais… há tempos minhas irmãs não dormiam a tarde inteira e me deixavam sozinho. Eu tenho a impressão de que, hoje, o mundo me olhou diferente, deu um frio em minha barriga rosa. Hoje, foi um dia diferente, mas talvez eu devesse me assustar com todos os outros que são iguais.

Ass.: Borges, o gato

borges

4 comentários em “Dia estranho

  1. Um dia diferente de vez em quando é bom Borges. Agora, que inveja dessa chuva!!!!! Aqui, chuva mesmo, já faz mais de 2 meses… tô eu precisando de catnip pra esquecer a secura…

Deixar uma resposta para Paola Limeira Cancelar resposta