dica_de_cuidado_titulo

Dica de Cuidado 13 – Falando de Castração com a tia Ju

dica_de_cuidado_titulo

Olá, fãs! Tudo bom? Através do meu ASK (http://ask.fm/borgesogato) uma tia pediu pra gente falar mais sobre a castração! Então, pedi pra tia Juliana Manes falar um pouco melhor pra vocês.

Vou dar meu parecer de gato: a castração é dolorosa, ela é delicada de cuidar, mas se não vamos usar o que tiramos, pra que ficar ali já que aumenta o risco de câncer? Sem falar que ficamos mais tranquilos, ufa…. sem pensar em molestar bichinhos de pelúcia ou pernas alheias. Mas, vamos ler uma especialista, não é?

Lambeijos.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

———————-

Uma rima necessária: conhece a tia Ju? É aquela que coloca o termômetro no meu ***Olá. fãs do Borges e da Christie. Tudo bem com vocês?

A castração (ou esterilização), ao contrario do que muitos pensam, é muito benéfica aos bichanos.
Na fêmea, a cirurgia consiste na retirada do útero e dos ovários, já no macho são retirados apenas os testículos.
O pós-cirúrgico nas fêmeas costuma ser um pouquinho mais trabalhoso do que no macho.
Os benefícios da castração vão muito além do simples fato de o gato ficar mais “caseiro” (até porque este efeito não se dá em todos os casos). Na fêmea, a remoção do útero e dos ovários cessa a produção dos hormônios sexuais, reduzindo os casos de tumores de mama, infecções uterinas (piometra), sem falar no controle de natalidade e consequentemente na redução da população de animais de rua.
Existem estudos que mostram uma redução de até 85% na incidência de tumores de mama em gatinhas castradas antes do primeiro cio.
No macho, temos a redução de fugas, brigas e suas terríveis consequências como, por exemplo, a esporotricose (pois gatinhos, na maioria das vezes, são contaminados quando estão brigando pelas “namoradas”).
Ah, Tia Ju, mas e os riscos da castração????
Os riscos são os mesmos de qualquer outro procedimento que envolva anestesia. E, esses riscos, se reduzem muito quando o procedimento é realizado por um profissional responsável e experiente, que saiba escolher o tipo de anestesia mais adequado a cada bichinho.
A condição física do animal também é um fator determinante para o sucesso da cirurgia.
O pós-cirurgico é bem fácil ( no macho é mais simples ainda), o difícil mesmo é segurar as criaturas  e convencê-los a fazer repouso!!!

Juliana Manes

Rua Fernandes Sampaio, 120 lj C Jardim Sulacap
Cidade: Rio de Janeiro / RJ
CEP: 21.741-200
Tel: (21) 3357-9933

10 comentários em “Dica de Cuidado 13 – Falando de Castração com a tia Ju

  1. Borginhoooo, molestar bichinhos de pelúcia e pernas alheias???? Você fazia isso é???? Rsrs
    Muito importante saber a opinião da tia de branco sobre castração, fala-se muito, já ouvi até que DEVE-SE deixar a fêmea (de cães e de gatos) ter a primeira cria antes de castrá-la… só não dizem o que fazer com as crias… >:(

    • Oi Katia, um dos maiores tabus na veterinária é esse de q a fêmea DEVE cruzar pelo menos uma vez… Vamos ajudar a divulgar as informações corretas e acabar com esses mitos antigos da veterinária!!! bjs

  2. Tia JU minha gatinha depois de castrada mudou muito, antes ela era bem calminha nem gostava do quintal, depois da castração tudo mudou, ela só quer saber do quintal, ficou rebelde, isso tem a ver com a castração ou é do temperamento dela mesmo, ela já tem 7 anos.

    • Não consigo ver nenhuma relação com a cirurgia Mary, ela deve estar indo na onda de algum outro amigo(a), não?! rsrsrsrsrs

      • Só se for de algum amigo cão, tia ju porque aqui so tem ela de gatinha, mas tem uns cachorros,o unico gatinho vizinho mora no andar alto e la tem tela, ele nem sai pra rua, so a minha que agora quer desfilar no quintal…

  3. Nossos gatos também são castrados! Infelizmente, não ficaram muito caseiros, mas só de saber que não vão ficar com “qualquer uma” quando vão à rua já nos deixa mais tranquilos!!

    • Tia Helena toma cuidado com as ruas, leia um post do Borginho do ‘BORGES PERGUNTA, SOBRE AS RUAS’, leia os relatos e providencie telas!!!

      Beijos

  4. Oie!
    Tenho uma gatinha de 4 meses e já penso em castrá-la. Porém me falaram pra esperar um ou até uns dois cios pra ela não engordar muito. Não sei o que fazer.
    O que é melhor?

    • Esse negócio de engordar não tem nenhuma relação com o cio. Melhor castrar logo, antes do cio de preferencia, assim diminui a chance de ele desenvolver algum tipo de câncer..

      Depois de castrada procure dar uma ração específica para gatos castrados, eu uso a golden e recomendo!!
      Beijos e boa sorte

  5. Oi de novo!
    Castrei minha gatinha ontem e tenho uma dúvida;
    O veterinário falou que eu podia usar rifocina ou povidine na incisão, na hora de comprar não consegui rifocina, pois precisava de receita, então comprei povidine mesmo.
    Mas lendo na internet vi que não se deve usar nada a base de iodo e povidine É a base de iodo. Fiquei em dúvida. Não consegui falar com o vet ainda por isso vim aqui, alguém pode me ajudar?
    Obrigada. ^^
    Beijos.

Deixar um comentário