12 comentários em “Divã do Borges 7 – A Rainha do Universo

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ‘Mimimismo Materno’, ‘braços de couro’…. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ah, Borginho, vc é o maior psicogato de todos os tempos!!! Sorte nossa tê-lo por perto! Seiseisei… estou em outro estado da federação! Mas com a internet funcionando, estamos sempre ‘por perto’, mesmo que seja longe… Vc solucionou mais um mistério da mente felina! Parabéns! Bjs meus e da Tapioca! <3 =^.^= <3 Ah, a propósito, Tapioca disse pra vc avisar pra Magali que a rainha do universo se chama Tapioca Sauerweing! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Borginho, eu senti um clima no ar? será?? Pq realmente a Magali e uma gata, e com esse nome… Vc foi rapido para solucionar este caso… Mas ta cada vez mais criativos com os termos! adoreiiiiiiiii bjooooooooooo

  3. Hahahaha, adorei Borges.
    Eu tenho uma assim e não é rainha, é princesa, chama-se Fiona e é bem rabugenta. Só que quando ela quer brincar fica miando e olhando pra gente, aí depois da brincadeira ela se acalma…rsrsrsr
    Adorei o texto e o tratamento….bjos

  4. Meu Deus, mas a Magali é muuuitooo linda!!! Realmente uma rainha!!! Adorei a solução do caso Borginho!! Mandou bem!! Beijos!!!

  5. Borginho, o Bazinga pediu para lhe agradecer pelo assertivo esclarecimento sobre o comportamento que a lindíssima Magali relatou, pois ele “sofre” do mesmo “mal”…

    Eu como mãe de um gato filhote, posso confirmar que o melhor é ter paciência e ser compreensiva, pois a única solução, é que Deus já nos crie com membros superiores e inferiores, revestidos de couro, como você bem disse!

    Um monte de lambeijo pra você, meu querido!

  6. Hahahahaha, muito bom esse caso borges… Graças a deus o Toth lindão, rei do meu universo, nunca teve esse mal hábito, tirando os momentos de brincadeira, em que eu propositalmente dava meus braços de couro pra ele! Como sou expert em ser mãe de gatinhos, já estou mais que calejada! Kkkk os ataques dele sempre foram voltados aos brinquedos e bolinhas de papel! Mas tive uma gatinha, antes do Toth, a Cleópatra, que era bem mordedora e arranhadora tb… No caso da Cléo, ela foi invocadinha até seus 13 aninhos, quando virou estrelinha por conta de um cancer… Mordia e arranhava tudo e todos… Até aprendi a dormir sem me mexer pra evitar seus ataques noturnos… Pois é… Nós aprendemos com o tempo que vocês é que mandam! Só recomendo a mãe da magali a não estimular esses ataques, e aprender a ler os sinais de quando eles virão pra conseguir escapar…. Rsrsrsrs bjs!

  7. Mais uma vez inovando a psicogatia!
    Muito interessante os sintomas: Megalomania Felina, mimimismo materno e ataquezinho de pelanca kkk
    E a analogia da gata com a personagem de gibi infantil, só você mesmo Borges para ter uma mente tão rápida!
    Pensava que era só a falecida Mimi que gostava de ficar dentro da geladeira, uma vez minha mãe não percebeu que a Mimi entrou e a deixou lá dentro kkk até que ouviu uns miados.
    Depois que a Mimi chegou aqui em casa desenvolvi não só braços, mas também pernas de couro.
    Ri muito com esse caso 🙂

  8. kkkkkkkkkk, Borhinho tu é demais!!!
    “Seu nome é Magali, normal que você viva atrás de comida” kkkk
    mãe de gato tem braços de couro! #fato

    A Magali é uma lindinha e mais um caso resolvido pelo melhor psicogato!!!

    Beijos para Magali, sua mamãe e Borginho!

Deixar um comentário