Foca estática com o olhar perdido no nada

Divã do Borges 9 – Matilde a gatinha sexto sentido

divã

 

Olá, fãs, clientes, pacientes!

Mais um caso… desta vez estão querendo aumentar as atribuições de minha profissão. Lembro que eu sou PSICÓLOGO e não Exorcista, mas vamos ao caso.

O relato:

Meu nome é Shirley e tenho uma filhinha, a gata Matilde Regina.
Ela é branca, muito gorda, e tem a carinha rajada. À primeira vista, ela é normal.
Só que, ainda hoje, com 4 anos, insiste em comportar-se como filhote. Vive correndo pra lá e pra cá, repetidas vezes, até que alguém lhe dê atenção.
Meu marido chega em casa, e ela se joga em sua caminha. Ela sabe que ele vai fechar a caminha em volta dela e fazer movimentos de looping.
Matilde é mimada. Mesmo tendo ração em seu potinho, só come se eu “fingir” que coloquei mais.
E adora nos pregar peças. Esconde-se atrás das portas, e quando passa alguém, dá um pulo gigante, com as patinhas em riste e a boca aberta.
Só que agora, a gatinha adquiriu uma nova mania, se é que posso chamar assim: ela se aconchega no meu colo, ronrona um pouco até ver que eu estou na dela, e então, do nada, fica parada. Senta-se sobre as patas, e fica olhando para o nada. Depois, vira a cabeça em movimentos lentos de “não”, como se tivesse algo passando pra lá e pra cá. Eu olho pra trás, e não vejo nada.
Matilde faz igual aquele menininho do filme que via coisas, sabe? Depois, ela sai como se nada tivesse acontecido.
Tô com medo dela…me ajude, Dr. Borges?
Análise:
Antes de tudo, algumas perguntas para começar:
a) Ela roda a cabeça só de um lado para o outro ou em 360º?
b) Ela vomita abacate ou algo similar?
c) Ela se debate na caminha?
Se você responder SIM para estar perguntas, pfv, corra agora mesmo para um Gato Exorcista e tire essa coisa agora mesmo do meu consutóriooooooo, mamãeeeee!!! Tô indo pra baixo do divã!
Se as respostas foram NÃO, vamos continuar o caso.
1 – Matilde tem 4 anos, ela não é uma criança, mas está sendo criada como uma, você faz as vontades dela, brinca como se fosse criança, mima a gatinha. Sendo assim, enquanto não mudar, ela tá é muito certa em aproveitar.
2 – Ela não aceita ração que está no pote!!! Claro!!! Ração que fica no pote é muito ruim, tia! Você já comeu?? Não? Então não me venha reclamar. Coloca só a quantidade certa, porque comer a ração velha, ressecada que tá lá, eca, nenhum gatinho gosta. hehehe
3 – “Matilde é mimada.” Então ela se mimou sozinha, né?
4 – “Senta-se sobre as patas, e fica olhando para o nada. Depois, vira a cabeça em movimentos lentos de “não”, como se tivesse algo passando pra lá e pra cá. Eu olho pra trás, e não vejo nada.” Espero que você que seja cega! Isso em dá coisas, nunca mais vou ler essa frase, não escreva isso de novo, por favor!
Solução:
1 – Não entendi qual o problema de ter um gato sempre criança! Isso é bom. Mas, se você quer vê-la adulta, trate-a como adulta, mande-a procurar um emprego, uma casa própria… opa, isso não, esqueci que era uma gata. Faça o seguinte, trate-a com mais maturidade e deixe de lado certas coisas que vocês considerem mimos, com o tempo ela vai se acostumar. Mas depois não venha reclamar que quer seu bebe de volta!
2 – Repare que as pessoas se tornam mimadas diante das mães, é normal que os gatos também. Você é a mãe dela. Vamos exemplificar com o seu marido. Ele quando vai na casa da sua sogra não fica igual a um bocó? Fica lá comendo aquela comida da mamãezinha como se fosse a melhor coisa do mundo? Então!! Ela a mesma coisa, só que ela fica sempre com a sua própria mamãe!
3 – Sobre as coisas de virar a cabeça, se não for em 360º é normal. Gatinhos ouvem melhor e tem o olhar fixo em alvos pequenos e distantes. Um mosquitinho que passe já poderá não ser visto por você, mas apenas por ela. As sombras e pequenos pontos de luz também chamam muito nossa atenção.
4 – Não tenha medo dela, ela nunca vai te fazer mal, além de uns pequenos arranhões de carinho. É bem mais fácil você fazer mal a ela. Então, sem medo uma da outra, levem uma vida feliz juntinhas!!!
Mais um caso resolvido.
Até o próximo.
Dr. Borges, o gato
Matilde senta no colo
Matilde senta no colo
Foca estática com o olhar perdido no nada
Foca estática com o olhar perdido no nada

 

Depois olha pra um lado. Olha para o outro. #Medo #BorgesDebaixodoDiva #SóFaltaOAbacate
Depois olha pra um lado. Olha para o outro. #Medo #BorgesDebaixodoDiva #SóFaltaOAbacate

17 comentários em “Divã do Borges 9 – Matilde a gatinha sexto sentido

  1. Shirley e Dr borges….os meus fazem essa da cabeça, mas não tenho mais medo….acho que são apenas coisas que eles veem não é dr Borges ?

  2. Nuuuoossa… eu acho q gatos veem espiritos pq la em casa essas coisas tb ocorrem e eu tb os vejo! Os que nós vemos são do bem! rsrsrs Sai de baixo do divã Borginho!
    (Estou com problemas com uma “Cagoninha” em casa e eu acho q nao tem mais jeito) Minha mãe quer eu doe ela…

    • kkkkk sai de baixo do divã kkkkkkk

      Acho que já teve um caso de uma cagoninha aqui no divã, era vc?

      bjs

  3. eu tenho uma gata de 9 anos ela faz coco no nosso banheiro antes fazia na caixa ,xixi atras da estante, briga com os outros gatos, quando não esta fazendo isso tudo esta dormindo, não da mais voltinha no quinta nem toma mais sol.O que pode estar acontecendo?

  4. KKKKKK, rindo alto aqui!!!! Borgiiiiiinhoooo, já saiu de baixo do divã?????
    Beijosssss, dr. Lindo!!!! Amei a consulta de hoje!

  5. kkkkkkkkkkk, Morri de rir de vc com medo das respostas “sim”!!!

    Borginho esse caso foi beleza de resolver, contanto que não vomite abacate ushuashuhasuahsuah

    bjs branquelo parabéns por mais um caso 😉

  6. Kkkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkk Vc se supera sempre ! Caso Literalmente Sobrenatural!!! Kkkkkkkk kkkkkkkk

  7. Dr. Borges! O Toth também tem problemas com comida… Você disse acima que é pra colocar a quantidade certa de comida… O Toth come bem pouquinho e se eu colocar a quantidade certa, ele fica pedindo pra colocar mais e não come enquanto o fundo do pote não estiver completamente coberto pela ração, e para de comer se ver o fundo do pote. Então sempre sobra muita e acabo fingindo que coloco mais pra ele comer… Além disso, sempre que coloco ração, tenho que fazer carinho pra ele comer senão ele não come também… Se coloco petiscos junto, ele cata um por um mas o primeiro petisco tenho que dar na boquinha… Até com o whiskas sache ele anda chatinho pra comer… Tem mais, se por qualquer motivo eu pedir que outra pessoa coloque a ração ele também recusa! Alguma dica pra mim? Bjs!

    • Mesmo problema com a Matilde! Só como e que que, quando quer. Ração sempre fresquinha, e mesmo assim, dependendo do humor, ela pede pra pôr mais!
      Mas falando em problemas…Nós adoramos mimar nossos filhinhos felinos, hahaha

  8. hahahaahha…. gente!!! Morrendo de rir aqui. “Ela roda a cabeça só de um lado para o outro ou em 360º” ÉPICO!!! hahahaha…

  9. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Nossa Borges eu ri demais com a tua análise.
    E pensar que eu fiquei quase um mês sem ler nada aqui.
    A Matilda é uma fofa, acho que a mãe dela tirou a sorte grande e ainda não sabe!

  10. Agradeço ao Dr. Borges pela consulta e diagnóstico preciso.
    Matilde realmente não nasceu assim, tornou-se o que é porque os pais vivem babando por ela.
    Mas tem como ser diferente?
    Veja que carinha fofa…
    Em relação às visões de Matilde, bem, ‘No creo en brujas, pero que las hay, las hay’!
    Borges, você é um fofo, adoro suas histórias.
    Um grande beijo.
    Shirley e Matilde

Deixar um comentário