SAM_0300

Divão do Borges 18 – Oliver, o medroso

divã

Olá, fãs, clientes, pacientes!! Como vão?

Hoje recebo a tia Alexandra Martins com seu filho Oliver aqui em meu divã!

Vamos ao caso:

“Olá, Borges!

O Oliver foi adotado faz exatamente uma semana (16/03), ele é um gato da raça ragdoll, uma raça muito,muito,muito mansa e sociável, adora visitas! Mas eu acredito que ele veio daquelas fábricas de animais, onde, o dinheiro vem antes da saúde e do bem estar dos animais!!
 Bom o ‘problema’ do Oliver é que ele é muito medroso, sabe o que é passar o dia inteiro embaixo da cama e mal sair para comer, beber, usar a caixinha? Ele é assim, tem medo de tudo, para chegar perto dele tenho que sentar no chão porque se eu for andando na direção dele ele se esconde, tem medo até do barulho da chuva. Mas o que me deixa mais intrigada é que ele é muito manso e curioso, adora carinho, vive se esfregando nas coisas e qualquer coisa já ronrona. Borges, como pode um gato tão manso, ficar tão assustado? O que pode ter acontecido com ele para ficar tão assustado com as coisas? Um dia poderei fazer com que ele perca esse medo e goste das visitas e barulhos??
Só mais um acréscimo:Tenho uma colega que tem um ragdoll é ela ficou muito espantada quando eu disse que o Oliver é arredio, ela disse que ele deve ter sofrido muito, pois não existe animal mais manso que um ragdoll e que o dela adora visita e não desgruda das pessoas… Queria que o Oliver fosse assim,é triste vê-lo se esconder o dia inteiro, queria que fosse mais confiante!
Um beijo Borges, estou ansiosa pela análise, quero muito ajudar esse gatinho….
Pontos de análise:
1 – “Raça que adora visitas… ” tia, você tem certeza que não queria adotar um cachorro no lugar de um gato?
2 – “Muito medroso, passa o dia inteiro debaixo da cama…” sei…
3 – “Se esconde ATÉ do barulho da chuva?” ATÉ???
4 – “O que pode ter acontecido para ele ficar assustado?”
5 – Sua colega, sua colega, sua colega e o filho da sua colega… ai, mães!

 

Soluções:

1 – Tia, por favor, primeira coisa: Para de comparar seu filho com o da sua amiga. Filhos são filhos, se ele é maluco, drogado, bandido ou até mesmo um cachorro, não se deve comparar! Eles ficam muito ofendidos com isto. Compare SÓ para ressaltar seus pontos positivos. Suponhamos, sua amiga chega na sua casa e diz: “Nossa, esse seu gato se esconde muito!” Você deve responder: “É que ele é esperto, viu esta tua cara feia de baranga e foi logo se esconder porque sabia que coisa boa não era!” Aprendeu, tia? Repita!

2 – Não espere raças que adoram visitas. Quem adora visitas, babação, puxar o saco dos outros são os cachorros. Gato até quando vai passar em cima das visitas é só para mostrar quem manda na casa e não porque gosta delas. Nós não precisamos de carinho de visitas porque já temos todo carinho do mundo de nossos pais. DEVERÍAMOS ao menos.

3 – A chuva, tia, é realmente algo muito assustador. É que os humanos não entendem como água é algo ruim. Imagina uma chuva de xixi. Você não ia ficar com medo? Então, é a mesma coisa pra gente. O pobre do Oliver vê aquele monte de água caindo, vai logo se esconder. Tudo normal!

4 – Sobre só ficar embaixo da cama, digo que é um ótimo lugar: protegido, escurinho, quentinho e os humanos não cabem lá. Faz ele muito bem, pois está em território estrangeiro, conforme perceber que realmente a casa ou o quarto são seus, ele sairá para os lugares nos quais encontra confiança.

5 – O que aconteceu com ele eu não sei, mas é bom perguntar a ele. Pode ter sido algum trauma? Pode. Mas pode ser só a mudança também, uma semana é muito pouco tempo para avaliar isto.

6 – Tia, lembre de uma coisa: eu sou extremamente assustado também. Medo nos garante longevidade. Já diz aquele ditado felino: “Gato medroso morre velho!” Exato: os medrosos evitam às ruas, os humanos perigosos, os locais altos, barulhentos inseguros. Debaixo da cama teremos 100 anos de Oliver!

Mais um caso resolvido.

Lambeijos

Borges, o gato – @borgesogato

SAM_0297 SAM_0300 SAM_0301 SAM_0243

16 comentários em “Divão do Borges 18 – Oliver, o medroso

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk “até qdo vai passar em cima das visitas…”/ “chuva de xixi”… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Borginho, ri alto aqui!! Mais um caso solucionado de forma brilhante! Também acho q gatos são muuuuuito sábios! #100AnosDeOliver! Ele é muito lindo, Alexandra!!! A minha Tapioca também é bem assustada e não é do tipo ‘grudenta’, mas temos momentos de muita ternura. Aproveito todos! #100AnosDeTapioca! Bjs! <3

    • O Oliver é uma gracinha tia Bia, precisa de ver!!
      Mas é que o problema do ser medroso vem desde a outra família que havia comprado ele… Fiquei sabendo que ninguém o via andar pela casa,foram dois anos sem vê-lo interagir com o lugar onde vivia.

      E que nossos bichanos vivam loooongos 100 anos 🙂

  2. Borginho como vc é sábio!! Meu gato tb é muiiiiitooooo medroso e assustado, odeia visitas e barulhos.. Altura então nem se fala.. um dia o Papai humano dele teve q subri no telhado pra resgatá-lo pq ele não sabia voltar!! E sabe o que ele me disse? Exatamente isso … questão de segurança em primeiro lugar!! Continue fofo assim sempre, seu lindo!

  3. KKKKKKKKK Borges, valeu pela análise, poxa a primeira dica é ótima,prometo que vou responder algo parecido..kkkk
    E 100 anos de Oliver, nossa ia ser bom demais!!!!
    Ele já ta melhor Borginho, agora ele até passa perto das visitas, mas claro, agora sei que ele ta querendo mostrar quem manda 😉

    Lambeijos doutor, obrigada pela ótima resolução do caso!

  4. Alexandra!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Que gatão lindo o Oliver é!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Que ótimo que o Dr. Borges “resolveu” seu caso!!!!!!!!!!!!!!
    Adorei esse Divã!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Agora, deixa ele se acostumar com a casa nova dele…. hahahahaha
    Que ansiedade! Tá parecendo eu!!!
    Eu fiquei sem internet hoje de tarde e estava LOUCA querendo que ela voltasse pra poder comentar seu caso!!! Tava quase tendo um treco!!! kkkkkkkkkkkkkkkk
    Oliver, Alexandra, Borginho e cia: <3 <3 <3
    😉

    • Hahaha que bom que gostou tia Ethel!!
      Oliver é lindão né? Dengoso que só..
      Ele está menos medroso agora,ele consegue andar pela casa sem ter medo dos nossos passos e até tem deixado meu irmão fazer carinho..hehe
      Ele chegou aqui em casa numa situação deplorável, cheio de nó na barriga!! Tadinho..

  5. Oi, Alexandra!!
    O Borges falou tudo!! Hahahahahaha
    Chico quando chegou em casa tb era super assustado. Fugia da gente e se escondia. Chegou a se esconder até no motor da geladeira! Hj é um denguinho que só, mas não dá muita moral pras visitas tb! Tempo é tudo o que seu bonito Oliver precisa!!
    Bjos!

  6. Puxa Borges você sempre com cada sacada! : )

    O Oliver é muuuuuuuuuuuuito lindo! Espero que ele melhore esse comportamento com o passar do tempo, pois nada demais é bom né?
    Bj!

    • Obrigada Pola,ele já está melhor, não me importo se ele não gosta muito das visitas o problema é com o pessoal de casa… Mas hj ele já melhorou muito, adora passear pela casa e me seguir!!
      bjs

    • Oi tia Rosane, obrigada pelo comentário =)
      E realmente não tem nada melhor que paciência e muuuuuito amor s2
      bj

Deixar um comentário