fora_de_casa

Dormir fora de casa

Fãs,

Tão novo e Chico já se habilita a sair de casa. Eu, que sou o irmão mais velho, não ouso enfrentar esse mundo cheio de barulhos, fedores, caçadores e tias querendo apertar. Mas ele sai e vai até outra casa, a da vovó. Não bastasse isso, ele dorme em outro lar, fica à mercê do tempo, da sorte, do Grey. Criança viajada, todo dia enfrenta, no colo, dois lances de escada. Que coragem, eu jamais faria isso. Volta cheio de histórias nos olhos que brilham ao dizer: eu sou tão jovem, mas já durmo fora de casa.

Asss.: Borges, o gato

fora_de_casa

3 comentários em “Dormir fora de casa

Deixar um comentário