gatinhos-na-cama

Duas gatas

Humanos,

Minhas irmãs são quase o reflexo uma da outra. Pessoa, talvez, seja Christie depois de amanhã. Habitam os mesmos lugares, comem as mesmas coisas, frequentam as mesmas caixas de areia. Elas se acham muito diferentes, mas eu que olho de fora, vejo a alegria da jovem Christie na jovem Pessoa e prevejo que amanhã Pessoa possa ser uma gata gorda e sonolenta. Posso estar errado, afinal, a história se escreve a cada dia, pode ser que Pessoa seja sempre uma gata ativa, saltitante, bagunceira…. mas por que o gato se tornaria eternamente ativo, se todo gato nasce visando entrar em estado de chão?

Borges, o gato.

gatinhos-na-cama

1 comentário em “Duas gatas

Deixar um comentário