Em volta da luz tem tanta vida

Fãs,

A minha varanda era escura, sem vida de noite. Eu olhava para o poste da rua, olhava de ficar noite inteira olhando, via besouro ao redor da luz, mosquito, barata, percevejo, mariposa, gambá subindo pelo poste. Na minha varanda só Christie e eu, nenhum bicho diferente para sabermos como é. Fui até o vovô e pedi para que colocasse uma lâmpada em nossa varanda para que os bichos pudessem vir se divertir aqui também. Minha varanda, agora, parece que tem uma fogueira de São João, parece que todos os insetos do mundo querem pular ao redor da fogueira, eles saltam, rodam, dançam ao redor da luz. Gosto de olhar aquela festa. Christie tenta brincar com um ou dois bichos de uma vez. Eu gosto de ver. Gosto de olhar como se a luz fosse uma chama que dançasse na frente dos meus olhos. Muitos bichos brincam ali até morrer, caem no chão sem vidinha alguma, numa prova enlouquecida que brincar é o que mais vale a pena nessa vida.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

153
Minha visão, assim que houve luz na varanda pela primeira vez
152
Nós assistindo à quadrilha dos bichos ao redor da fogueira de luz

 

12 comentários em “Em volta da luz tem tanta vida

  1. Que coisa mais linda! Aproveita mesmo, Borginho e Chris, pq o que vale a pena mesmo nessa vida, alem de brincar, é ser feliz. Amo vcs, beijos!

  2. Parecem minhas crianças.. Ficam hipnotizadas qdo aparece esses bichinhos aqui em casa.. Nada mais importa, kkk

  3. Q lindo, Borginho!…. essa sua alma de poeta encontra a minha, que fica envolta em suas nuvens de sonho…. <3

  4. Um gato poeta, que coisa mais linda…já temos um gato entre livros….e agora um poeta, maravilhas

  5. Adoro seus textos, escreve tão bonito!!!
    E é assim mesmo, os meus também adoram esse bichinhos que ficam na luz, eu até ajudo eles a caçar de vez em quando!
    Beijos branquelo.

Deixar um comentário