302

Escolhas

Olá, fãs.

Há uma frase do Gato de Cheshire que já virou um clichê: ele diz para a Alice que para saber que caminho escolher precisa saber onde se quer chegar. Da filosofia sartriana que diz que o homem sofre para fazer suas escolhas, ao pagode do Zeca que diz que tem que deixar a vida  levar, os assuntos humanos rondam em torno da escolhas.

Sou instintivo: entre um pote de sachê e um pote de ração escolho o sachê porque o cheiro escolhe por mim e não eu pelo cheiro. Talvez um humano diante do pote de sachê pensaria: ah, mas sachê é mais caro, é melhor guardar para uma situação especial… mas eu não, eu simplesmente como e deixo que qualquer situação seja especial. Não vou dizer que não sofro pelas escolhas, sofro sim, pois quando se aprende a linguagem se está diante dos maiores sofrimentos do mundo. Escolher que palavra usar: todo texto oral ou escrito é um encadeamento de palavras e tento sempre escolhê-las minuciosamente, escolher os temas. Por que hoje falar de escolhas e não de sachês, por que falar de escolhas e não de sonhos, por que hoje falar de escolhas e não de aventuras na varanda? Tudo isto gera um sofrimento.

A diferença é que escolho mais o que sai da minha boca do que o que entra. Humanos invertem a lógica, eles se preocupam muito com o que comer, em escolher minuciosamente o menos calórico: repolhou ou couve… se a beterraba faz menos mal que a carne. Mas, em compensação, escrevem qualquer porcaria sobre uma linha de papel, dizem qualquer aborto linguístico para quem está ao seu lado. Humanos sofrem com escolhas, mas me parece que escolhem as escolhas erradas para sofrer.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

302
Imitando a posição do Gato de Cheshire quando aparece na árvore para falar com a Alice

 

9 comentários em “Escolhas

  1. Benditas escolhas, que o fizeram ser quem vc é, que o trouxeram até nós… Benditas escolhas… <3

  2. Esse negocio de escolhas é uma sofrimento mesmo, mas a vida é assim, mas sabe uma escolha que deixa minha mais alegre todos os dias? Mesmo depois de encarar um onibus lotado e chegar no trabalho cheio de coisas para resolver, eu escolho começar meu dia por vc! Eu começo melhor!!!!!!!!!!!

    • A tia eu tbm começo meu dia mto bem, logo de cara dois posts para lê, o da meia-noite e o da nossa Diva!!!!!

      Da até animo de levantar sabendo que vou ler mais algumas histórias do Borges.

  3. Fato, Borginho… muitas vezes fazemos mesmo as escolhas erradas para sofrer! Mas fazer o que né? Afinal, somos demasiadamente humanos rsss…

Deixar um comentário