Escondido no Edredon

Às vez acho q ser gato é ser algo assim sempre criança. D manhã acordo e lambo  o rosto  d meu pai q é tão áspero quanto a minha língua, não sei se já envelheci e é só por dentro, pq tenho meses e mãe diz q é equivalente a dezesseis. Vcs, gente, tem tara por tempo. Tempo manda em vcs. Eu não, eu mando no tempo, eu durmo todo tempo, eu me escondo do tempo debaixo do edredom. Um dia o tempo vai passar por mim e não vai me ver aqui debaixo do edredom. Vcs mudam de nome: são crianças, jovens, adultos, velhos e eu sou apenas gato.

Ass: Borges, @borgesogato

5 comentários em “Escondido no Edredon

Deixar um comentário