Los-gatos-y-las-moscas

Estudo aponta que gatos são eficazes no combate ao zika vírus

Diante da ineficácia das ações de saúde pública no combate às doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti, pesquisadores da Fiocruz estão testando métodos alternativos para conter a epidemia. A primeira experiência – e bem-sucedida até agora – consiste em orientar as pessoas a adotarem gatinhos, já que eles são dotados de espírito caçador. “Gatos não podem ver mosquitinhos que ficam loucos até conseguirem pegá-los” – afirma Natália Pereira, pesquisadora que conduz o estudo.

Natália afirma ainda que os gatinhos, para apresentarem seu melhor rendimento no combate ao mosquito, precisam de uma contrapartida de seus humanos: ração de boa qualidade, água sempre fresquinha, vacinas e vermífugo em dia, telas nas janelas e muita coçadinha. “Os primeiros resultados da pesquisa apontam que gatos que não têm todas as suas necessidades supridas deixam os mosquitos se proliferarem de propósito”, afirma a pesquisadora. O pacto que fica é, você protege seu gatinho e seu gatinho protege você.

Gatos e fatos, uma produção de Borges, o gato

9 comentários em “Estudo aponta que gatos são eficazes no combate ao zika vírus

  1. Ah Jaqueline, sério mesmo? Nesse caso tem que fazer o contrário do que o artigo sugere, quem sabe se comendo menos eles não ficam menos preguiçosos também? kkkkkkkkkkkkkk… Mas concordo com tudo no artigo, eles nos protegem né? 🙂 <3

  2. kkk, deixam o mosquito se reproduzir de propósito, justo!!

    (dando uma de bióloga chata… Nome científico tem que estar destacado no texto, itálico ou sublinhado, o primeiro nome sempre vem com letra maiúscula! 😉 )

    Vou cuidar bem dos meus para que cassem tudinho!!!

Deixar uma resposta para fabiana Cancelar resposta