1218707_-corre-vem-ver-o-gato-wolverine

Estudo revela que arranhão de gato cura dor de cabeça

A cefaléia (dor de cabeça) é um sintoma que pode acometer qualquer pessoa e pode ter diversas causas e intensidades. Nos dias atuais, crise, trânsito e violência potencializam ainda mais o aumento do número de casos, sem distinguir sexo, idade ou classe social. Por isso, pesquisadores têm se debruçado na busca de tratamentos alternativos baratos e acessíveis, diminuindo a dependência da indústria farmacêutica. Um dos métodos que têm sido testados com alta taxa de sucesso é a adoção de gatinhos.

“Você deve estar achando que estamos falando das já comprovadas propriedades terapêuticas do ronrom do gatinho”, afirmou a pesquisadora Vivian Martins, “mas não é nada disso”. Segundo a neurocientista, ao menor sintoma de dor de cabeça, deve-se brincar com o gato com as mãos ou pés, atiçando ao máximo seu instinto caçador. Essas brincadeiras certamente farão com que o gatinho arranhe seu dono e, quanto mais dolorido for o arranhão, mais fácil será esquecer a cefaléia.

Gatos e Fatos, uma produção Borges, o gato

3 comentários em “Estudo revela que arranhão de gato cura dor de cabeça

Deixar uma resposta para fabiana Cancelar resposta