457

Eu juro que tentei doar sangue

Olá, fãs!

Como falei ontem, vovô está internado no hospital. Obrigado a vocês que mandaram muitas mensagens carinhosas e de apoio. Graças a isso, tomei coragem e fui perguntar para mamãe como eu poderia ajudar o Grey a não ficar mais órfão por muito tempo e fazer vovó e vovô voltarem logo pra casa. Mamãe disse, rapidamente, que vovô tá precisando de doação de plaquetas, só que ela não explicou direito, pois estava atrasada para ir trabalhar. Achei em cima da cômoda um papel com as informações do CTA pra doação, procurei o número do telefone e achei (21)2224-0945. Resolvi ligar pra tirar umas dúvidas, mesmo sem ter os polegares! É sempre difícil…

– CTA, bom dia.

– Olá, bom dia – respondi.

– Em que posso ajudar?

– Eu queria saber como faço pra doar plaquetas?

– O senhor não está com o papel com as informações?

– Sim, sim.. estou, mas aqui não diz algumas coisas.

– Pode perguntar, senhor.

– Pra doar sangue precisa ir aí?

– Claro, senhor, precisa.

– Ah… droga. Odeio andar de carro.

– Mas doar sangue é muito importante, senhor, vai valer o sacrifício. Algo mais?

– Sim, pera aí, tia.

– Tia?

– Ah, perdão, é que eu chamo todo mundo de tia, minha mãe me ensinou assim.

– Quantos anos o senhor tem?

– Vou fazer 2?

– Senhor, está debochando de mim?

– Não, tia, digo, moça, senhora…

– Senhor, se continuar com o deboche vou desligar, nosso serviço é muito sério.

– Mais uma dúvida, tem que tomar agulhada pra doar?

– Sim, senhor.

– Ai, droga, odeio agulhas também! Carro e agulha no mesmo dia, que droga!

– Algo mais, senhor?

– Sim, sim… mais uma coisinha.

– Ok, diga.

– Já que é tão ruim assim, a gente tem que doar mesmo, não pode trocar por sachê?

– Por sachê?

– Sim!

– Que sachê, senhor?

– De gato!

– Como assim?

– É que eu amo sachês!

– Não, senhor! É só doação, não é troca.

– Como vocês querem convencer um gato a doar sangue assim?

– Senhor, você vai doar o sangue dos seus gatos? Não pode.

– Dos meus gatos não, eu que sou o gato mesmo!

– Como?

– Tem problema o doador ser gato?

– Não, senhor. Não há problema em ser feio ou bonito, isso não interfere no sangue.

– Não, tia. Gato de verdade, que mia!

– Senhor, por favor!

– Tia, eu sou o Borges, o gato!

– Que Borges?

– O famoso, da internet!

– Desculpe senhor, o único Borges que eu conheço é o azeite. Passar bem!

– Mas ti….

– Tuuuuu…. tuuuuu…. tuuuu….

Fãs, essa foi a história da minha tentativa de doar as plaquetas e, assim, trazer vovô de volta pra casa e fazer com que o meu tio Mario Grey pare de miar na minha porta. Mas, pelo visto, não vou conseguir doar a tal das plaquetas. Caso algum fã queira ir, hoje, fazer este sacrifício no meu lugar, tomando agulhada sem ganhar sachês, as informações são essas:

Doação de PLAQUETAS (é importante informar, pois é diferente da doação de sangue comum).
Atendimento 66309
Leandro Moreira de Farias – HSVP
A doação precisa ser feita no seguinte local e horários:
Centro de Transfusão e Aférese
Local de Coleta: Rua Santo Amaro nº 80/ 1º subsolo – Glória – Rio de Janeiro, RJ)
Horário: 2ª a 6ª-feira de 07:30 às 15:00h (preferencialmente hoje, dia 19 de julho)
Telefone: (21) 2224-0945

Obrigato por me ajudar a fazer o Grey parar de miar querendo ser meu amigo porque está se sentindo só.

457
Falando ao telefone com o CTA

 

8 comentários em “Eu juro que tentei doar sangue

  1. Ai Borges kkkkkkkkk, só vc mesmo.hahaha

    Olha se a tia morasse perto ia agora mesmo, mas infelizmente moro longe e nem tenho idade pra doar 🙁
    Mas sei que vão ajudar o vovô e ele vai ficar bem demais, enquanto isso vai lá ficar amigo do Grey, ele ta precisando!

    E aproveitando o espaço, quem ai for de Brasília e precisar de doação de sangue felino meus gatinhos são doadores, se precisar só falar!!

    Lambeijos Borginho, fala pro vovô que ele está nas minhas rezas!

  2. Cadastrei o pedido no banco de dados de doadores de minha unidade do trabalho. Infelizmente não posso doar porque tive hepatite, mas esse pessoal é muito solidario e já ajudaram muitissimo qd precisei. Que tudo de certo com nosso pais. O meu também está internado.

  3. Oi Borginho!!! É a Tia Bia de Fortaleza! Vc é um fofo, tão preocupado em doar as plaquetas!
    Tantas pessoas que podem e nao vão, uma pena! Mas fica tranquilo que o vovô vai ganhar um monte de plaquetas e vai voltar 100% pra vc, vc vai ver!!!!

    Lambeijos da Cibelle, Mª Cecília, Hermione, Nego Reginaldo e da Tia Bia!

  4. Ai Borginho,
    Estou aqui em BH torcendo pra que tudo dê certo!
    Se precisar de doação aqui, é só falar.
    🙂

  5. Querido Borginho, vê se dá uma atenção especial para o Grey, tadinho, já que a boa ação de doar vc não conseguiu, troque por essa outra boa ação. Estou em São Paulo, mas desejando do fundo do coração que se vovô melhre rapidinho e plenamente.
    Beijos
    Joana, Lola e Francisco

  6. Querido Borges, estou em Guarulhos, São Paulo, mas torcendo pelo seu vovô, papai do Grey e da sua mamys. ( estou certa?).
    Entregue meus sinceros pensamentos solidários pela recuperação dele aos seus pais.
    Beijao da tia Ro, de Sampa

Deixar uma resposta para Paola Cancelar resposta