862

Felinas unidas são sempre umas metidas

 

Fãs,

Pois arma-se um complô felinista contra mim. Após as fofoquinhas de ontem, Christie e Pessoa resolveram ficar tricotando o dia inteiro. Ficam ali se lambendo, trocando gracejos, falando mal dos homens da casa. Às vezes mamãe se junta e fala umas duas ou três gracinhas sobre o papai. Fui me unir a ele: “Papai, papai…”, “Gooool do Vascooooo!” e papai mais interessado na bola que corre de um lado para o outro que nas coisas da vida. Ali senti que eu parecia o humano e ele o gato. Tentei conversar depois do jogo: “Pai, as mulheres…”, “As mulheres também jogam bola, Borges, mas este jogo de hoje foi do Campeonato masculino!” e me abraçou. E estou aqui, repudiado pelas mulheres e incompreendido pelo meu próprio pai.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

861

862

6 comentários em “Felinas unidas são sempre umas metidas

  1. Borginho, meu amor… seus fãs estão ao alcance de uma “teclada”, continuamos só esperando vc estender a patinha!

  2. É, Borginho… Vc ficou com tanta rejeição com Pessoa, agora se sente sozinho… A Christie também sentiu ciuminhos, mas meninas acabam se entendendo muito mais rápido! Entretanto, vale o ditado: não pode com eles? Junte-se a eles! (ou elas… hehehe)

Deixar um comentário