borginho-pai

Gato branco

Humanos,

Dizem que os filhos, conforme envelhecem, tornam-se parecidos com os pais. Entretanto, meu pai, conforme envelhece, torna-se parecido comigo. Cada vez seus pelos estão mais brancos, cada vez sua barriga está maior, cada vez está mais preguiçoso. Quem sabe, aos 100 anos, ele não virará totalmente um gato branco. E andaremos por aí e me perguntarão: “é seu filho”. Direi: “Não, esse é meu pai que, em vez de morrer, se transformou num gato branco.” Talvez eu tenha sido gente antes de ser quem sou.

Borges, o gato

borginho-pai

3 comentários em “Gato branco

  1. Adorei!! Todo ser humano, que tem gatos, poderia virar um gato branco ao fim da vida, e os seus gatos virariam humanos para retribuir todo amor que receberam durante a sua vida, seria uma troca de papéis <3

  2. Que poética sua reflexão, mas sabe, bem que podia ser assim, seria bom para tutores e gatinhos, assim um poderia cuidar do outro até o fim de suas vidas terrenas…. bem que eu queria virar uma gatinha branca, desde que eu pudesse ser bem tratada por gente legal,… ehehehehe 😀 <3

Deixar um comentário