belgica-gato

Homem-bomba desiste de atentado ao avistar um gatinho

Aziz Muhamed Alam-Salam, 37 anos, decidiu dedicar sua vida ao Islã e se associou ao Estado Islâmico ainda na juventude. Durante boa parte de sua vida integrou células adormecidas na Bélgica e na França, até que em julho de 2013, recebeu uma missão. Ele deveria se sacrificar, explodindo uma bomba em um lugar público com grande aglomeração de pessoas. Depois de tanto tempo de espera, Aziz se preparou para sua missão e se encaminhou ao ponto planejado. Mas ele não contava com uma coisa: a presença de um gatinho fofo.

Ao avistar aquele gatinho fofo, o homem não teve coragem de ativar a bomba. Essa história está registrada em um caderno de memórias encontrado num apartamento que era habitado por alguns imigrantes na Bélgica. O apartamento parece ter sido desocupado às pressas antes de uma incursão policial de combate ao terrorismo. Aziz nunca foi encontrado, mas em suas memórias ele afirma que estava repensando suas convicções.

Gatos e Fatos, uma publicação Borges, o gato

3 comentários em “Homem-bomba desiste de atentado ao avistar um gatinho

Deixar uma resposta para Paola Cancelar resposta