Inferno, digo, inverno

Fãs,

Papai e mamãe são cariocas (mentira, mamãe nasceu em Macaé, hehe, mas é segredo). Eu também sou carioca. Mas, é que papai e mamãe, como todo carioca de verdade, acham que se a temperatura ambiente está abaixo de 20 graus é frio polar. Então eles comemoram o inverno e ficam na janela esperando nevar. Só que nunca neva, a casa fechada começa a ficar quente pra caramba e eu, meus fãs, eu sou todo coberto de pêlos, né? Imagina se vocês tivessem cabelo pelo corpo todo… é assim que me sinto. Aí, mamãe e papai resolvem colocar um cachecol em mim. Ou seja, 19 graus no termômetro e eu de cachecol, minha gargantinha quase assando. Eu fico nervoso, tiro o cachecol, quando não consigo peço ajuda pra Christie, é só dizer pra ela que é uma imensa minhoca que ela vem caçar o cachecol. Mas aí, papai e mamãe me convencem sempre, eles me mostram o espelho e eu me acho tão fofo, tão bonito de cachecol… e eles ainda me dão uns carinhos e dizem: Borginho, você é lindo! Aí eu digo, tá bom, passa esse cachecol pra cá. cof, cof…

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Olá, eu sou o Borges, o gato de cachecol. Vamos nos amar?
Esse é o momento em que a garganta começa a assar

Eu ganho uns carinhos, dizem que tô lindo e… ah, fico de cachecol mesmo

7 comentários em “Inferno, digo, inverno

  1. Concordo com a Paola, tá parecendo um lord inglês!
    O inverno não é um inferno não, querido… a tia adora um frio!
    Você deveria ser modelo felino, que lindo que está nas fotos! Pode começar seu portfólio já! *-*
    Vc é um bichinho muito “amável”, difícil não amar ver vc em close de perfil e com cara que está curtindo um carinho… (teve ronron junto também?) *O*
    Beijos, seu LINDO!

Deixar uma resposta para Marília Costa Cancelar resposta