580

Macacos não me mordam

Fãs,

É sempre pela manhã. Faça sol, faça chuva, os macacos estão ali. Eu também, na janela, a olhá-los. Macacos, diferente dos gatos, creio que não são muito chegados à filosofia. Pelo menos não à mesma que a nossa. Talvez eles sejam existencialistas, nós gatos somos mais epicuristas. Mas são engraçados com seu jeito grosseiro e mal educado. Não são de dar bom dia. Eu digo: “bom dia” e eles me mostram a bunda. Talvez isto, na cultura deles, seja um gesto de alguma nobreza, não entendo direito os hábitos e tampouco seu macaquês. Na biblioteca do  meu pai não há nenhum livro que ensine. Estamos ensaiando uma comunicação em gestos. Eu lhes aceno com a pata e eles chegam pertinho no muro. Dão um rodopio ou dois em minha direção, eu lhes devolvo um abanar de orelhas, eles saltam. Penso se eles pensam no que penso. Talvez estejam ali a achar: “pobre daquele macaco branco por detrás das grades.” E eu penso: “pobre deles livres, sem pais para os criar.” E ficamos assim, em gestos e em pensamentos, um com piedade do outro. E não é assim o mundo: essa piedade de tudo que não é como nós?

 

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato
Todo dia você lê textos de literatura felina gratuitamente. Agora, é hora de contribuir, votando no Borges, o gato e na gata Christie para competir entre os melhores da web. Clique aqui!

Faça parte do fã meu clube do Borges e da Christie, entrando aqui.

Siga-nos no Instagram: borgesogato.

575
Eu aceno pra chamar os macaquinhos
581
E os macaquinhos vêm!
580
E se vão…

 

572
E voltam e ficam ali aos montes,
573
E alguns ficam ali me olhando e ficamos trocando gestos
574
Macacos enfileirados
576
E eles estão por todos os lados
578
Trocamos olhares
579
E depois eles vão jogar futebol
577
Ainda sobra tempo pro lanche

 

3 comentários em “Macacos não me mordam

  1. Cuidado!!!! eles são meio que violentos, na minha cidade eles atacam as pessoas de dentes e garras, fala pra mamãe deixar tudo bem seguro pra vc meu loirão e a propósito vc acenando é lindo demais.

  2. Borginho, vc como sempre tem textos maravilhosos. Gostaria de saber uma coisa: qual de seus pais fez filosofia? EU sou formada em Ciências Sociais e meu marido fez filosofia. Ele fica encantando com as citações e sua erudição!

Deixar uma resposta para Nana Damasceno Cancelar resposta