Medo da fama

Fãs,

Já que o medo tem conversado tanto comigo, ontem resolvi falar dele e hoje continuo. Confesso: um dos meus maiores medos é o medo da fama. Há um ano atrás, meu blog iniciante tinha os comentários da tia Paola, da tia Drika, da tia Aline Fernanda (sumida Aline Fernanda), do tio André Poteussão e de ninguém mais. Eu era um anônimo, um gatinho escondido em Sulacap. Com o tempo, muita gente foi entrando nesta família borgiana que foi crescendo, crescendo, crescendo… e tenho medo que fique tão grande que eu não consiga mais gravar o nome de todo mundo, queria ser mais memorioso. Aprender com Deus lições para gravar o nome de todos os filhos.

Tenho medo que a fama queira me tirar de baixo da cama. Que queiram Borges aqui, acolá, pelas cidades, pelos países, pelos mundos e até em outras galáxias. Não gosto de andar de carro, imagina de avião, foguete! Tenho medo de ter que frequentar multidões, eventos badalados, tomar champanhe e fumar um cachimbo fedorento igual ao do meu pai.

Dentre os medos da fama, meu maior medo é que eu fique famoso e ninguém mais me leia, leia apenas os resumos, as notas, as explicações. Que todo mundo saiba falar de mim sem saber quem sou. Medo que qualquer frase vire minha e que andem pela internet com minha assinatura:

“Ser ou não ser, eis a questão!” (Borges, o gato)

“Pau que nasce torto, nunca se endireita.” (Borges, o gato)

“Vodka ou água de coco?” (Borges, o gato)

Instituiu-se no século XXI que o anonimato é a nova miséria e eu queria tanto continuar sendo um miserável, um miserável dentre vocês.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

Pensando
Pensando

26 comentários em “Medo da fama

  1. Não tenha medo da fama, Borges. Quem vai vir aqui e te ler é quem tem gato, gosta, e se interessa. Todas as suas cronicas e videos me lembram muito os meus gatos (que são brancos dos olhos amarelo-esverdeados igual você). E nem precisa ter dúvida que entre vodka e água de coco, você prefere leite, heheheehhehehehe… os meus pelomenos pensam assim…..

    Abraços

  2. Borginho…. Borginho….. Borginho …. ahhh… vc já aprendeu mais lições com Deus do que muito humano dessa tal humanidade… Mas já andei pensando nisso também. Paradoxo dos paradoxos – divulgamos vc, festejamos cada mil curtidas a mais. Mas queremos vc só pra nós, lembrando de cada um, como se fosse único. Como se cada um de nós fosse seu único fã. Exclusivo. <3

  3. Isso mesmo Borges, quem vai vim aqui é quem gosta da Gatidade, é quem ama você. Não precisa ir em eventos,manda seu papai como você já fez uma vez, quem realmente quiser conhecer você, que vá a sua casa!!!
    Te amamos, obrigada por dividir seu medo, estamos aqui para te apoiar. =)
    Beijão para você =*

  4. Borginho lindo acompanho seu blog a pouco tempo um mês , tenho a voz de vc e da sua irmã dentro da minha cabeça , fico encantada com os seus textos , tenho 7 gatos aqui em casa e eles aprontam tudo isso que vc conta !!!!!! Bjkas gatinho !!!!!!

  5. Nossa Borges, você parece até que leu meu pensamento pois estava pensando essa semana exatamente na Aline que ela nunca mais comentou.
    Espero que esteja tudo bem com ela.

    Quero que você seja famoso para você e a Christie viverem mais confortável, seus pais ganharem muito dinheiro pra poder comprar bastante petisco e sachê…
    Só que independente de fama ou não você sempre estará no meu coração!

  6. Ahh, Borginho. Não se preocupe com isso. É claro que às vezes a fama é demais, porém, para todos cuja fama transcende seu próprio conhecimento, sempre permanecem os fãs fiéis, os primeiros, aqueles que não esquecem seu rosto, sua patinatura, seu modo de escrever… A fama tem seus revezes, mas pense na multidão que será influenciada por seu conhecimento, por suas palavras, por seus pensamentos… Isso é impagável!

  7. Tá lindão na foto, Borges!
    Não precisa ter medo da fama, apenas continue a ser o Borges de sempre.
    Não deixe o sucesso mudar nada na sua vida e no seu temperamento.
    Beijos!

  8. Meu medo é de vc não escrever mais por ficar tãooo famoso. Adoro vir aqui no seu cantinho e saber de sua vida, suas travessuras. Beijos Borginho e manda outro pra Christie e pro Grey.

  9. Aaaaah meu lindo,
    Não tenha medo da fama. Eu sou uma das pessoas que conheceu você a pouco tempo, apenas uns 3 meses, mas já o amo muito. Todos os dias passo aqui no blog para rir, aprender e me apaixonar ainda mais.
    Lambeijos

  10. Borginho, suas crônicas são muito especiais para deixar de lê-las. Não tenha medo de virar o Arnaldo Jabor, rsrsrs… Amamos vc.

  11. Ô meu menininho, não fique assim não! Viva o que tiver que ser vivido, sem medo e feliz… Deu-me vontade agora de embalar você junto ao coração… Beijinhos da titia…

  12. Estou amando ler tudo sobre você Borges!!! Imagino que a fama o deixe um pouco apreensivo… Mas não se preocupe, seus verdadeiros fãs sempre estarão por aqui!! Tenho uma gatinha e na casa da minha mãe tem muuuitoos gatinhos e me identifico demais com tudo que escreve!! Muitos beijocats para você!!

  13. Como sua fã fiel, prometo continuar lendo todos os seus textos originais na íntegra. Nada de resumos, comentadores ou traduções mal feitas! 🙂

  14. Oiii Borges Bom Dia meu lindo …. leio sua mensagem todo dia … é demais…. meus bebes também gostam … a Lua e minha companheira (no colo) … sempre leio para ela….
    bjos

  15. Borges a gente sabe que vc nunca escreveria “Vodka ou água de coco”, kkkk Eu sou nova por aqui mas sou viciada no seu blog agora.. acredita que o meu namorado até reclamou, kkkk

  16. Amamos você, Borginho!! Amamos gatos e nossos gatos amam você!! Isso é eterno, para sempre em nossos corações!! <3

  17. Sempre um fofo né Borges?

    Lambeijos, isso tudo é fruto de toda sua dedicação em nos mostrar esse seu lado muito peculiar!

  18. Querido Borges! Que bom que o anonimato não ficou com você! Faz muito pouco tempo que te conhecemos e já te amamos demais! hihihi Ass: Strix, Juju e Alba (o Fred pediu pra te dizer que te admira demais e espera que um dia possam tomar uma taça de leite juntos, acompanhados de deliciosos petiscos, para discutir gatices quaisquer) =^.^=

  19. Acho que você consegue administrar a fama e tudo o que vem com ela. Mantenha as patinhas no chão, nunca se deslumbre que tudo vai dar certo. Seu fã clube é eterno, independente de fama.
    Beijos

Deixar um comentário