822

Meu programa de verão

Fãs,

Pelos barulhos que ouço e pelas coisas que vejo, sei que meus vizinhos se vão pela manhã, brancos-quase-verdes e voltam pela noite, à milanesa e vermelhos como se tivesse tomado uma surra de toalha. Ouço o som que ecoa dos corredores: “preciso relaxar na praia” e lá vão eles tostar em meio à multidão. Não é que eu não goste de praia, fãs, só não gosto de areia, água, sol e aglomerações. De resto, sem problemas. Meu programa de verão tem sido passar o maior número de horas possível diante da máquina de fazer frio. Mamãe a desliga algumas horas por dia, sob a alegação de falência. Porém já avisei a ela que se me deixar ficar no calor posso denunciá-la por tentar fazer de mim um churrasquinho de gato.  Ela, então, me abraça e ficamos vendo séries o dia inteiro. Dormimos e acordamos embalados pelo som do inglês e chegamos a sentir frio, como se estivéssemos em uma realidade paralela, uma espécie de Sibéria dentro do Agreste. Os vizinhos voltam de suas praias, fazendo barulho, brigando uns com os outros, estressados com a insolação, com os engarrafamentos, com o dinheiro que gastaram. Já mamãe e eu estamos moles e frescos como um sorvete que está morando na porta da geladeira.

Por Borges, o gato – @borgesogato

 

1 comentário em “Meu programa de verão

  1. Ai Borges, tirando a água, sou que nem você – areia, sol e gente.. Prefiro ficar em casa vendo série também. Agora, que miserê é esse que não teve uma fotinha sequer???? Beijos encalorados e suarentos da tia…

Deixar uma resposta para Jaqueline Cancelar resposta