Na beirinha do fim do mundo – Episódio 2 de 10

Fãs,

Tava tão quente que achei que tivesse morrido e ido parar no inferno. Acordei porque já não podia mais ficar de olho fechado, minhas pupilas estavam cozinhando, precisavam tomar um ar. A primeira coisa que fiz foi lembrar de um pesadelo que tive. Obviamente porque fiquei pensando nessas coisas de fim de mundo ontem. Já era quase meia-noite e chegaria o fatídico 12/12/12. Sentei na cama e me esforcei um pouco mais pra lembrar do pesadelo. Era com minha irmã Christie, ela se multiplicava infinitas vezes e depois caía em infinitos poços profundos. Me lembrou aquele filme de terror em que a garotinha cai no poço e depois fica saindo pela televisão dos outros. Eu só não estava pingando de suor porque meus pelos não deixam as gotinhas escorrer. Chamei bem forte: Christie!!! Ela não respondeu. Olhei debaixo da cama, ela não estava. Chamei de novo: Christie!!! Nada. Desci a escadaria da casa da vovó, tava tudo escuro. Comecei novamente a refletir sobre o fim do mundo: será que o mundo acaba pra todo mundo ou só pra quem vai se acabando mesmo? Eu mal tinha começado e já teria que acabar? Seria eu, Borges, um curta-metragem? Quando vi, já estava na sala escura diante de dois monitores de computador. Nada da Christie! De repente, a luz acendeu, os computadores ligaram e nele estavam aqueles olhos imensos prontos para me devorar: era a imagem da gata Christie!

Ass.: Borges, o gato

borges
Acordei parecia o inferno
christie
Christie me apareceu como uma espécie de Samara Morgan duplicada

9 comentários em “Na beirinha do fim do mundo – Episódio 2 de 10

  1. Borges agora estamos em contagem regressiva! Eu acho que acabou foi o papel dos maias, nos seres humanos temos essa necessidade de por um fim nas coisas, bobeiraaa! Vc nem tinha nascido, mas em 2000 foi o mesmo papo! E olha só agente aki 12 anos depois!!!!!!!! Mas a Christie te falou alguma coisa que vc deveria fazer????? mt estranhoo, bjooooo

  2. Depois dessa aparição, talvez a Christie tenha muito a ver com essa coisa de fim do mundo, com esse calor… Ou talvez não… hummmm… tava pensando, Borginho… e se for tudo psicológico?… E se for tudo fruto da nossa imaginação, ansiando pela Gatidade?! ….O q vc acha? Bjinho pra vc e Christie…

Deixar um comentário