Quando éramos comunistas

Fãs,

Nesse domingo papai brincou de faz de conta com a gente. Tirou da bolsa uma boina com estrela.  Christie e eu nos revesamos pra usar. Brincamos a tarde inteira de uma coisa que papai disse que era comunismo.

Papai disse que os comunistas eram soldados felinos que iam libertar os gatos do imperialismo. Christie gostou da ideia, pois  já se achava uma heroína, embora não tivesse nenhuma ideia do que significava a palavra imperialismo. Ela disse que sairia pelas ruas a distribuir as rações caras pros gatinhos pobres que estão comendo lixo, disse que acabaria com as pessoas que exploram e maltratam os gatos, que todo gato teria direito a um teto. Eu achei essa história toda muito bonita, mas queria saber mais. Papai me deu uns livros para ler, mas mesmo eu que aprecio leitura, achei chato, dormi. Diferente da Christie, não gosto de política, gosto de apreciar um texto bem escrito, gosto de ler sobre a cultura celta, gosto de me aventurar em labirintos literários. Não quero ser soldado de ninguém, quero só ler e dormir entre os livros. Que a Christie saia com seu fuzil felino por aí, eu só quero observar o espetáculo do mundo.

Borges, o gato – @borgesogato

Quando éramos comunistas, brincávamos de usar boina do Che Guevara
Pedi para papai uma leitura mais embasada sobre o guevarismo, o marxismo, a luta de classes e a solidariedade entre os povos latino-americanos
Quando acabei de ler o último livro da fila, um tijolo, mal fechei e dormi de tão chato que achei
A Christie gostou de ser comunista e pediu uma moto ao papai para sair pela América Latina a defender os gatos oprimidos.

10 comentários em “Quando éramos comunistas

  1. Adoro qdo vc escreve p/ nós,Borges,meu lindo.Vc tem razão! Ler coisas sobre o comunismo é uma chatice,dá sono,ainda mais que foi tudo uma ilusão,uma utopia. O comunismo não deu certo em lugar nenhum. É só ver nossos pobres irmãos cubanos e os coitados dos que nasceram na Coreia do Norte! São infelizes pq não têm a coisa mais preciosa da vida:a liberdade! E vc,que é um lindo gato,feliz e independente,não se daria bem num lugar assim,não?
    Um gde bj a vc e não se esqueça de dar uma lambidinha na Chris por mim!

  2. Gente, mas esses gatos ficaram muito lindos com essa boina!
    Vocês incorporaram bem o espírito do movimento, a Tia aqui está babando nas fotos!
    Queria ter modelos felinos assim para fotografar. *-*

  3. Olha, a Christie pode até não saber o que é imperialismo, mas as ideias dela são revolucionárias e eu mais que apóio! Você Borges, só pra variar, ficou lindão à la Che Guevara.
    Beijo de nariz

Deixar um comentário