Arrumando o guarda-roupa

200

Fãs, Mamãe estava arrumando o guarda-roupa. Passou o carnaval, o ano começou de vez. Mamãe disse que as roupas que não dão mais ou que não usamos, podemos dar para outras pessoas ou, se já estiverem muito ruins, jogar fora. Papai não. Papai nunca arrumou o guarda-roupa. Dizem que meu pai ainda traz consigo no … Leia Mais…

Saudade de Babel, saudade de papel

180

Fãs, Em cima do guarda-corpo da varanda, me bateu uma saudade. Saudade pelo olfato, trazida por algum vento distante. Era um cheiro de papel amarelado, destes que faz traça babar. Foi um aperto que deu no peito, um miadinho frio preso na barriga, lembrei da minha biblioteca que chamava de Biblioteca de Babel. Sei não … Leia Mais…

Peixinhos

Olá, amiguinhos! Tudo bem? Têm brincado muito? Eu tenho brincado, dormido, comido e feito cocô todo dia 🙂 O banheiro aqui da suíte do castelo do tio Grey em que estou hospedada é muito legal. O chão é branquinho, quando eu deito nele ficou em destaque! Nele tem uma pia redonda que virou caminha do … Leia Mais…

O que é sujo?

Fãs, Difícil entender o que os humanos acham sujo e sua relação com o sujo. Um mendigo é sujo e se quer distância. O dinheiro é sujo e se quer proximidade. As mãos são sujas e se aperta. Os pés são sujos e ficam escondidos em sapatos. Outro dia vários fãs me questionaram porque eu … Leia Mais…

A madeira ganhou vida e voou

Fãs, Quando eu era pequeno, vovó tinha um tucano em sua casa (veja aqui: http://borgesogato.com/2012/02/04/que-passarinho-grande/) e eu não conseguia caçar o tucano porque ele era muito grande. Com o tempo, eu cresci e já não queria caçar o tucano, não por causa do seu tamanho, mas porque descobri que ele era de madeira. O tio Grey … Leia Mais…