Dormir para o relógio acordar

37

Fãs, Minha filosofia de vida está pautada no sono. Querem menos guerras? Durmam mais. Querem menos problemas? Durmam mais. Querem menos fome? Durmam mais. Quem dorme não faz guerra. Quem dorme não tem problemas. E o sono alimenta, já diria vovó. Se estão ansiosos: durmam. Aquele que fica diante do relógio, para o tempo. É … Leia Mais…

O real e a aparência do real

219

Fãs, Para os gatos as aparências são muito importantes. Sei que para vocês também, mas vocês negam, né? As pessoas dizem assim: não, não, o importante é o interior… mas fica feio, fica pobre pra vocês verem só. Gatos são sinceros, gatos estão sempre lindos e gostam de estar assim. Além disto, para os gatos, … Leia Mais…

Arrumando o guarda-roupa

200

Fãs, Mamãe estava arrumando o guarda-roupa. Passou o carnaval, o ano começou de vez. Mamãe disse que as roupas que não dão mais ou que não usamos, podemos dar para outras pessoas ou, se já estiverem muito ruins, jogar fora. Papai não. Papai nunca arrumou o guarda-roupa. Dizem que meu pai ainda traz consigo no … Leia Mais…

Um dia após o outro, um carinho após o outro. Esta tal substituição.

184

Fãs, Amanhã acaba o horário de verão. E este fato tão singelo e bobo que em nada alterará minhas horas incontáveis de sono, me fez pensar na finitude de tudo: hoje, acaba amanhã. Amanhã, acaba assim que acaba o hoje, pois deixa de ser amanhã e passar a ser hoje. Porém, será que sempre vai … Leia Mais…

Sou feliz porque também sou triste

Fãs, Deitado sobre o parapeito da varanda ouvi mamãe dizer de dentro da casa: “olha como Borginho tá feliz tomando vento!” Me perguntaram, do lado de fora da casa, se eu não era triste por estar sempre ali preso, parado, assistindo o mundo como se estivesse de frente para a TV. Mamãe está certa, sou … Leia Mais…

Orgulhosamente medroso

Fãs, Há gatos que foram feitos para lutar, arranhar, miar ao ar livre. Eu fui feito para escrever. Não sei o que houve, sei que nasci assim. De novinho, apaixonei-me pelos livros e tudo começou. Outros gatos miavam à minha janela me chamando para buscar fêmeas, caçar ratos, mijar em novas terras. Mas eu não, … Leia Mais…

Dentre todos os textos, o texto

Fãs, Dentre todos os textos, dentre todos eles: dos mais cotidianos ao mais extraordinário, eu queria escrever O Texto. Pois a angustia de aprender a escrever, sendo felino, é lidar com a imperfeição. Todo texto é imperfeito, incompleto, inacabado. Fosse perfeito, bastar-se-ia. Não haveria mais o que dizer, o que acrescentar, o que contrariar. Veja … Leia Mais…

Por uma estética da fofura

Fãs, Nada mais sublime aos meus olhos que a arte. Arte implica em forma. O humano é por excelência um ser conteudista. Humanos querem estar cheios de comida, cheios de dinheiro, cheios de conhecimento. Pouco importa se a comida é ruim, se o dinheiro é sujo, se o conhecimento é inútil. Nós, gatos, não, nós … Leia Mais…

Na beirinha do fim do mundo – Episódio 1 de 10

Fãs, Eu estava dormindo normalmente, nem mais nem menos que sempre. Ouvi a televisão dizer algo de fim do mundo. Acordei, levantei a orelha, achei estranho, mas não me impediu de voltar a dormir. De tarde ouvi papai falar: “Oscar Niemeyer morreu, então é bem possível que o mundo acabe mesmo!” Já achei estranho de … Leia Mais…