borges_pessoa

Uma dupla de quantos

Fãs,

A verdade é que Christie, por mais que não confesse, tem certo ciúmes da Pessoa comigo. Afinal, Pessoa parece um carrapato meu e não dá a mesma atenção pra ela. hehe. Hoje, Pessoa falou: “Borginho, nós somos uma dupla, não é?” e Christie, ao ouvir, ficou triste. Pessoa não entendeu o motivo: “Christie, fica assim não, você também é da nossa dupla! Podemos fazer uma dupla de três.” Pessoa não sabe que dupla se refere a apenas dois, para Pessoa, dupla são aqueles que se amam, que trabalham juntos, ou coisa do tipo, independentemente da quantidade: “Christie, na nossa dupla cabe você, mamãe, papai, Grey, Borginho, eu.” Pessoa não se limita aos números, para Pessoa, dois pode ser seis, seis pode ser mil. O zero de Pessoa nunca fica vazio e nenhum número é exato, pois se nada na vida tem exatidão, os números, para que façam parte dela também não pode ter. E com essa dupla de linhas me despeço, sentindo-me maior que qualquer número e fazendo justiça ao tornar, pela primeira vez, o um maior que qualquer infinito.

Ass.: Borges, o gato – @borgesogato

borges_pessoa

7 comentários em “Uma dupla de quantos

  1. Arrasou!!! Só que a Pessoa esqueceu da Hermínia, mas tudo bem… ela tá juntinho também nessa dupla cheia de amor!

Deixar uma resposta para Jaqueline Cancelar resposta